[Ajuda, Camila!] Tenho um boy ótimo, mas penso no ex. E agora?

10.19.2015 -


"Camila,
Namorei 3 anos, e após traição dele, terminei. Logo depois saí com um cara, nos identificamos e estamos juntos desde então. Tem sido incrível o sexo, a energia sem fim, as viagens loucas juntos, o carinho, a família e as coisas que nunca fiz. Mas, ao mesmo tempo em que estou feliz, me sinto angustiada! 
Penso no ex direto, sinto falta dos momentos e utilidades. Ah, eu não me entendo! Não quero continuar assim, sabe?! O que eu faço? Continuo, volto pro rei dos babacas ou o jeito é ficar sozinha? 
Beijos,
M."


Puxa, guria. Que situação! Bem, sua questão parece simples, mas duvido que na prática seja. Vamos lá! 
Cara, eu acho que existe muito dentro de nós uma negação em ter sido traída e, justamente, por um boy que considerá vemos ideal. Dói, é foda e, mesmo passando por outros pintos, namoros, affairs e afins, a gente parece acabar voltando - ainda que em pensamento - para esses rapazes que nos magoaram. Eu também tenho essa tendência a não aceitar a infelicidade e as falhas todas, sejam minhas ou de outrem. Mas, miga: esse homem que tu namora agora parece ser legal. Não é? Se o sexo é ótimo, você construíram intimidade, existe carinho e respeito (importantíssimo), acredito que seja um pouco viagem da sua cabeça essa suposta falta que o rei dos babacas faz. Há inúmeras pesquisas aí que apontam que voltar a relacionamentos passados é um puta erro, nunca vale o cansaço todo. 
Meu conselho é: pense sempre pra frente. Deixe o ex-namorado idiota lá atrás - existem MUITOS caras no mundo loucos pra nos presentear com aprendizados, beijos ótimos, sexos nem tanto, lições. Se você fosse uma amigona próxima, eu diria para ou continuar com o cara legal (esses sim, estão em falta no mercado) ou, caso as visões do bofe ruim não parem e você não se sinta completamente feliz com o atual, acabe e fique um tempo sozinha. Sem contato nem com um, nem com outro. O seu coração dará uma resposta e tanto!
Um beijo e boa sorte, M.!

--------------------------------
Ei, quer eu responda a sua pergunta também? Mande-a para o meu e-mail, camilapaier@gmail.com ou por mensagem privada por aqui. Respondo uma por dia! Ah, e não esqueça: no máximo QUATRO LINHAS

0 Comentários:

Postar um comentário