Presentes que namorada nenhuma quer ganhar dia 12

6.05.2012 -

Balança - Ainda mais se ela não estiver em boa forma. Fica fácil levar um presente desses como ofensa ou indireta, mulheres quase sempre estão instáveis e insatisfeitas com o peso, ou seja: dê uma balança só se ela for BEM magrinha, sarada, ame academia, frequente muito e o objeto for bem delicado e feminino. Daí, quem sabe, sai de um dos piores presentes para se tornar um tanto faz. Livros costumam ser uma boa pedida.

Roupas no tamanho errado - A não ser que você saiba muito bem o número que sua namorada use de sutiã, calça, vestido. Porque é fácil ir no olhômetro e errar, muito fácil. Se presentear com o tamanho menor, ela vai sentir que precisará emagrecer - a indireta, mais uma vez - se for de numeração maior do que a que ela usa, vai pensar que você a vê gorda. O impasse é grande. Por isso, fique sempre com maquiagens.

Meias - O que passa o namorado que presenteia com um par de meias? Que, um: não conhece bem a mulher que tem ao lado. E dois, faltou tempo, faltou vontade e pode ter faltado até dinheiro (mas gente, uma flor é melhor que uma meia. Juro!). Bem melhor dar alguma bijouteria (observando, claro, as que ela costuma usar. eu, por exemplo, não uso prateado e sou alérgica ao que não for folhado ou ouro).

Utensílios de cozinha - Mesmo que vocês morem juntos, é uma péssima pedida. Vão por mim. É um sinal nítido de que, para você, ela é quem deve pilotar o fogão sempre - e não, não achamos isso sensual. Pior ainda caso o casal viva separado. Não tem como não se sentir mãe ao rasgar o pacote e se dar de cara com uma batedeira, grill, luva e avental. Péssimo. Que deem sapatos então, oras!

Qualquer coisa parcelada - Vale para ambos os sexos. Porque nunca se sabe o dia de amanhã e, dar presente carésimo em mil vezes no cartão não costuma ser uma boa ideia pois, hoje em dia, os relacionamentos acabam num piscar de olhos (ou melhor, num click) e você é quem vai ficar bancando aquele celular bacanão, notebook ou joia. Dá pra dar algo de preço razoável, de coração, e simples.

Vale-presente - Tava tão sem ideias assim? Acho terrível e não gostaria de receber. Pô, a ideia de se presentear alguém carrega a tarefa de achar algo que lembre a pessoa, o seu jeito, a própria autenticidade.  Portanto, se tá sem ideais, até uma caixa de chocolate é melhor que R$50 ou R$100 reais em uma loja qualquer.

Joguinhos eróticos - Desses que tem pra vender em lojas criativonas ou sex shop. Sei lá, eu acho cafona pra caralho. Acho que pra sentir prazer, sinceridade basta. Tesão ajuda muito. Esses jogos, pra mim, são pra casais adolescentes que não sabem ainda muito bem o que o outro curte ou não no sexo e acha aí uma tentativa de descobrir. Baralhos, jogos com dado e coisas do tipo, com tapa-olhos e pena ficam bem over na minha lista. Que fiquem então com kama sutra divertido ou alguma fantasia bacana pra surpreender o gato, essas coisas (como complemento do presente, claro).

Um par de chifres - Trair, ou escolher algo com "a outra" nessa época do ano é imperdoável. Por mais que não descubramos na época - nessas semanas ou daqui um mês - um dia, podem ter certeza, rapazes: a gente sempre descobre. Porque mulher é bocuda e conta pra uma outra, que fala pra uma amiga que conhece uma parente nossa e nos diz. Entendeu? Nunca vai ficar só entre os dois, nunca mesmo. Aliás, esse é o pior presente que qualquer mulher espera na data comemorativa (ou não) que for. Se está há infelicidade, DEIXE, íntegro e antes de cometer coisa pior, por favor. A gente agradece.

Nada - Não dar nada é a pior coisa. A data é muito mais celebrada pelo comércio que por quem namora mesmo, isso é verdade. Mas mulheres ligam pra essas coisas, e não adianta, não tem muito papo, não. Até as que se fingem de duronas e superiores na verdade se não receberem nenhum mimo ficarão sentidas, sim. Flor não é coisa tão cara, nem uma carta ou cartãozinho com várias coisas que o cara sente. Passar a noite juntos também, pode ser uma grande coisa. O que não vale, para quem é comprometido, é deixar passar em branco.

8 Comentários:

  1. Super concordo em gênero,número e grau! Você sempre entende e fala pela gente =)

    ResponderExcluir
  2. Tô dispensando um par de chifres nessa época do ano, e em qualquer outra, hehe. Concordo com o texto, agora só esperar que os lindos leiam e peguem as dicas. Beijoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei mesmo Mila e se ele me der qlq um desses presentes citados no texto juro que dou a ele um manual de semancol de natal!

      Excluir
  3. Par de meia não kkkkkkkkkkkkkkkk será que alguém já teve a audácia???? Mas eu ia olhar para a cara do moço com um ódio kkkkk. Realmente concordo com a lista. Na dúvida eles deveriam observar mais as namoradas, perceber no dia a dia, seus gostos, hobbys, se ainda persistir pergunta a quem sempre dá uma ajuda nessas horas: a melhor amiga rsrs, as vezes, ajuda e muito. :)

    ResponderExcluir
  4. Eu aceito, feliz e de bom grado, um bom livro, ingresso para o cinema, chocolate. Mas de fato: comprar roupa do tamanho errado e dar vale-presente é, definitivamente, o fim da picada. E do namoro, se duvidar.
    Gostei do teu blog, e voltarei.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Bom para os homens ler isso aqui.

    Pior ainda pra mim que sou péssimo em dar presentes, mas tenho milhões de boas intenções.

    Juro que vou levar isso pra mim, Camila.

    ResponderExcluir
  6. Concerteza concordo com você no minimo um jantarzinho básico,nem se for na casa dele.adorei o blog http://cinnamoncake-br.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir