Eu quero é que comentem

6.05.2012 -

Houve um tempo em que eu não postava aqui tão frequentemente, não era feliz no amor e meus textos eram um tanto mais confusos. Choviam comentários. Muitos, de pessoas que tinham como segunda intenção, divulgar o próprio espaço. Outras, com a terceira de, obter uma resposta em algum post do seu blog. Eu respondia, sim - nessa mesma época, o tempo para isso não era escasso como hoje e, a brincadeira até que funcionava bem.

Uma hora, cansei. Admito isso. Até porque, era uma leitura muito mais obrigatória que prazerosa essa "resposta". Decidi parar de me forçar a comentar o que não achava em blogs que eu nem mesmo admirava (gosto muito de alguns, os quais ainda comento por vontade própria), pelo bem próprio da minha consciência. E aí, muita gente parou de deixar aqui a sua opinião, os comentários aqui no blog foram lá embaixo e sim, eu fiquei triste.

Liberei para os anônimos virem deixar aqui seus recados também. Por algum tempo, aumentou consideravelmente. Caiu de novo. Anda mais desvalorizado que a bolsa, o Calmila. E vocês leem, danadinhos. Eu sei que sim, porque o share baixou também, os assuntos talvez não estejam agradando, mas as visitas continuam frequentes (ainda bem, algo tinha que se manter em ordem, né?).

Por isso, fica meu recado: comentem. Nem que seja uma palavra, uma frase qualquer, uma opinião negativa bem colocada, um elogio nunca antes me dado. Pra que eu não desanime, pessoas. Não pense que perdi a mão e a admiração dos meus leitores, tão queridos. A vida anda apertadinha e, tenho conseguido comparecer aqui. Venham também. Taí o meu convite.

Beijocas da Camila


21 Comentários:

  1. HAHAHAHA to na mesma! Antes eu recebia um monte de comentários no meu blog e tambem deixava no blog dos outros, mas depois o tempo esgotou e a preguiça venceu. O que ainda não me desanima é que as visitas continuam no mesmo ritmo e até mesmo aumentaram, mas eu também sinto falta de uma atençãozinha dos meus leitores hahahahah

    beijo :*

    ResponderExcluir
  2. Camila, concordo com o que você falou acima. Todos nós precisamos de um insentivo a mais, uma forcinha, um elogio, e o 'trabalho' fica bem mais prazeroso. Por isso, sempre que dá, apareço por aqui e comento seus textos. Não quero que você se desanime e um dia 'deixe' o Calmila. Sou sua fã e isso seria terrível. Admiro seu trabalho e a forma como você lida com as palavras. É de uma beleza indiscutível. Enfim, mesmo com os poucos comentários e suspiros, não desanime. O que é seu, vem. De uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde :D Acho que é isso kkk Não desanime :D

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila! Na minha opinião os teus posts continuam cada vez melhores! Sempre leio, mas não costumo comentar, também por falta de tempo. Costumo me surpreender todo dia, com cada palavra que vejo aqui. Me identifico quase que diariamente! Acaba me dando uma certa felicidadezinha aqui dentro, pois vejo que não sou só eu que penso 'assim'... Boa sorte nas tuas andanças! E saiba que tens muitas(os) fãs! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Ixi, Camila. Acho que tu tem começar a se acostumar com isso. Hoje quase ninguém quer comentar em blogs. Segundo algumas pesquisas que li provavelmente em 10 anos ninguém vai comentar mais nada em posts. Até os portais de notícias estão deixando isso de lado e apelado pro lado do "compartilhar entre as redes sociais". Sei que comentários são importantes, mas não é o essencial em um blog e a gente vai ter que começar a se acostumar com isso. =)

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Carrego o pequeno vício de ler o Calmila.Comecei porque via em você alguém pra descrever minhas crises existenciais.Apaixonada que sou por leitura, continuei acompanhando o blog mesmo percebendo que já não me identificava tanto com os posts.Agora, também namorando, me encontro nas suas muitas declaraçoes e reclamaçoes.Pra ser muitissimo sincera, nunca fui de comentar e também não sabia que era dado tanto valor aos 'suspiros'.Se você se sente estimulada pelos nossos comentários, nós também nos sentimos assim com suas respostas.Espero que daqui uns 10 anos eu ainda possa fazer do Calmila leitura frequente.Um beijao e parabéns pelo talento!

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, te admiro mt e entendo essa sua sede de saber a opinião sobre o q vc escreve! Natural. Mas desencana aí q a galera toda curte suas palavras que tem o dom de se encaixar e tocar o q lá no fundo está dormente! Parabéns, querida! Continue escrevendo! Beijo!Sucesso!

    ResponderExcluir
  7. Convite feito, convite aceito. Estarei por aqui te escrevendo tb.

    ResponderExcluir
  8. concordo com Adriel(acima). O importante, querida escritora, é que continuamos aqui. Mesmo que um tanto 'caladinhos'. Acedido que a maioria, assim como eu, passa aqui diariamente, mas com a correria diária acabamos não nos pronunciando. Seu blog é ótimo, nem duvide disso, digo mais: não desanime. Olhe a crescente, te acompanho a um 'tempão', e cada vez mais tem crescido o número de seguidores.
    Algum tempo atrás mantive um blog, diariamente atualizado, tive contato direto com meus leitor; então compreendo o que passa Camila. Trabalho, Faculdade, Namorado (entre outros) quem consegue conciliar?!. Fui me retirando do blog, até exclui-lo de vez. Recebi muitos e-mail's, contatos via FB e Twitter, dos leitores que se sentiram abandonados, praticamente órfãos sem minhas palavras. Isso foi tão gratificante que é impossível descrever aqui. As vezes basta uma sumidinha para todos os leitores se mostrarem presentes. Não que os comentários sejam desnecessários - Leitores entendam: sua opinião é o que nos motiva a continuar -, apesar de ser uma importante parte do blog, os coments, realmente estão sendo abandonados. Digo mais, daqui uns dias, esse recurso certamente será desativado. Então relaxa, não desanima. Falantes, ou não, estamos aqui.

    ResponderExcluir
  9. Não desanima não Cá! Adorei o texto-desabafo!
    E adoro todos os outros, venho aqui assiduamente.

    Um beeijo

    ResponderExcluir
  10. Calma, Camila! Não desanima. Você escreve super bem e me identifico com 90% do que escreve. Não comento por falta de tempo, já que gasto o tempo livre lendo todos seus textos (inclusive os antigos hahaha). Sou leitora nova, tem encontrei nas parcerias do Depois dos Quinze (da Bru Vieira) e não paro mais de ler. Continue escrevendo, desabafando, fazendo listinhas, jogando indireta pros homens, enfim... continue! Parábens pelo trabalho. AH!, é você é linda. Beijão.

    ResponderExcluir
  11. Camila, sou uma das suas leitoras que frequenta seu espaço há muito tempo, e confesso que realmente não comento nada, e agora que vc se manifestou resolvi revelar que passo por aqui TODOS os dias em busca de uma boa leitura, textos os quais eu me identifico. Parabéns pelo seu trabalho e dedicação!

    ResponderExcluir
  12. Não desanima não! Você é uma linda, com um dom maravilhoso e eu amo seus textos! Beijos :D

    ResponderExcluir
  13. Camila, tudo bem?
    Sabe que frequento seu blog a muito tempo, e continuo frequentando. A questão é somente tempo mesmo, vivo em uma correria entre a faculdade e o trabalho. Mas seus textos continuam perfeitos, sem dúvida. E claro, seu blog só tem melhorado com todas as novidades. Continua assim e não desanima, teu trabalho com certeza é maravilhoso e eu espero que tu sempre seja reconhecida por isso.
    Te cuida, prometo tentar aparecer mais por aqui.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Ok, to comentando!!! =D
    Muito dificil eu comentar nos blogs, e olha que eu acompanho muitos!! Mas diante de um apelo desses não consigo não comentar.
    Cheguei no seu blog há poucas semanas e volto todos os dias (visitar blogs faz parte de minha rotina após o almoço), devo visitar uns 20 blogs por dia e o seu é um dos melhores e que se continuar assim, com certeza vai ficar na minha lista de favoritos por um boooommmm tempo!!!
    E outra coisa, seu blog já ganha pontos comigo pelo nome; também me chamo Camila (mas o meu é com "K")e sou extremamente irritavel. Toda vez que vejo o blog na minha lista ouço uma vozinha na minha cabeça falando "Caalllma Kamila" e meio que funciona!! hehehe
    Então é isso!! Desanima não!!!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  15. Comentei antes, mas acho que não foi né :( adoro teu trabalho, e vou repetir isso sempre. Então, não desanime, por favor, hein!! Beijos

    ResponderExcluir
  16. Não sou muito de comentar mesmo, mas venho todos os dias em busca de algo novo e que faça sentido para mim. Continue com essa inspiração que nos inspira.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. OI Camila!
    Eu nem sei como conheçi o seu blog mas já faz algum tempo e desde então estou sempre por aqui.
    Sempre fico impressionada com o que vc escreve já que é tão verdadeiro e profundo.
    O meu texto preferido foi: Sonilóquio lí muitas vezes já que é lindo.....
    Enfim Não Desanime!

    ResponderExcluir
  18. Oi Camila. Conheço o teu blog desde 2010 e é a primeira vez que comento aqui, na verdade é a primeira vez que comento em um blog! Realmente as pessoas se identificam com os seus textos e frequentam seu blog quase que diariamente, mas está cada vez mais escasso o tempo para comentar, sem falar que algumas pessoas (como eu) não comentam porque não faz parte delas. Então seria bastante interessante você colocar também aqui alguma coisa que a gente simplesmente possa 'curtir', assim como tem no facebook. É muito mais prático e você veria que nós continuamos firmes e fortes nas leituras e identificações com seus brilhantes textos. Não desanime, você tem um grande talento.

    ResponderExcluir
  19. Começarei a comentar, se isso fará você não perder o ânimo para nos dar textos maravilhosos!
    Não comentar não significa que não gostamos dos textos, é uma pura falta de hábito mesmo! hehe
    Parabéns pelos textos, um beijo :D

    ResponderExcluir
  20. Camila sempre vinha aqui mas não comentava. ><' falta de hábito... mas quero que saiba que adoro os seus textos. já chorei algumas vezes lendo-os. rs' Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu estou sempre aqui, mas qse não comento mesmo..
    Mas adoro seus textos e, devo admitir, que melhoraram consideravelmente.. Sempre foram bons, mas estão cada vez melhores... =D
    Não fica triste... A gente nunca vai deixar de valorizar seu trabalha mas, como vc mesma disse, o tempo está escasso.
    Eu amoooooo seus textos e aposto que todos aqui tb. =D

    ResponderExcluir