Da Mei: one direction

12.24.2011 -

Voltei à adolescência com apenas um clique do mouse.

Não, não estava vendo mais uma daquelas correntes toscas do facebook que todos compartilham (inclusive eu de vez em vez), essas mesmo que você conhece, que nos fazem lembrar quão velhas estamos ficando e como fora saudável e/ou tosquinha a nossa infância. Eu assisti a um clipe no youtube de um grupo de meninos da grã-bretanha chamado One Direction e instantaneamente me lembrei que já tinha os visto antes no programa “The X Factor”, mas não tinha dado tanto crédito à musicalidade das criaturas, pois vi muito de relance. A música “What makes you beautiful” é um desses hits chiclete que grudam na cabeça da gente e enquanto você não ouvir repetidamente até decorar não sossega o facho. Eles são as coisinhas mais fofas, me lembram muito pela aparência os clássicos Back Street Boys, Westlife e N’sing (tem o Five também e mais trocentos que não deram certo). Porém o estilo musical deles é mais alegrinho do que eram os então românticos grupos de garotos da minha época. (é bem empolgante de dançar, confira ao final dessa postagem!) O ritmo deles me remete aos Beach Boys que com certeza você já ouviu (“ ba ba ba ba barbara ann.....”) e que já enlouqueciam os brotos do mundo nos anos 60!

Sabe, quando falam mal dos cantores como Luan Santana, Justin Bieber , ou até aquelas coisinhas do Restart eu relevo e não discuto. Podem ser ruins, ok, podem não ter lá muita qualidade musical, ok, mas eles tem fãs, seguidoras e até fanáticas por eles, gente que por hora curte – e muito – o trabalho dos caras, então, como nosso próprio passado de “aborrecente” não nos dá crédito para achincalhar nenhum/a menininha/o fã babão dessa “nova geração” de talentos,  deixemos de lado nossas ranzinzeces e aproveitemos o que cada artista tem para nos oferecer, caso nos agrade.

Não sei se o One Direction está apontando a volta das boys bands, creio mais que eles fazem parte da força desses programas de auditório que envolvem – querendo ou não – o mundo inteiro através do poder da mídia sem fronteiras. Seja o que for, não paro de cantar essa música, como quando vi a estreia mundial de “wherever you will go” do The Calling. Animam meu dia desde então.

Confira!

3 Comentários:

  1. Eu sou fã desses meninos e concordo com vc que as musicas deles grudam que nem chiclete. Agr vamos esperar quando eles vão vir pro Brasil pra levantar a galera com a musica e a beleza deles ^^

    ResponderExcluir
  2. Eu sou fã desses meninos e concordo com vc que as musicas deles grudam que nem chiclete. Agr vamos esperar quando eles vão vir pro Brasil pra levantar a galera com a musica e a beleza deles ^^

    ResponderExcluir
  3. coitados dos beach boys que estao a ser comparados com one direction...

    bons artistas, originais e INTEGROS(no sentido em que escreviam as proprias musicas) comparados a miudos mimados, triviais, comuns, e pior que tudo, horriveis (musicalmente falando, porque de resto nao quero nem saber)

    enfim quem faz estas comparações so pode ser muito triste mentalmente.

    ResponderExcluir