Calmila Responde: Reciprocidade, uma importância

12.29.2011 -

Oi Camila! Sou leitora do seu blog há um bom tempo e, consequentemente, me sinto íntima para pedir um "help" pra você.

Se lê há tempos, é digno mesmo. Pois então, que comece o dilema.

Comecei um namoro e estava tudo às mil maravilhas, mas ele mudou do nada e começou a ser frio. 

Indecisão, insegurança? Ou arrependimento?

Pediu um tempo e ficamos quase um mês separados, porém, nos falávamos todos os dias e ele sempre disse que me amava.

Que tempo foi esse? Quando se dá um tempo de um relacionamento - coisa que também não consigo acreditar, quando o casal volta, NUNCA é a mesma coisa - é pra sumir mesmo do campo de vivências do outro, certo? E ainda dizia te amar. Olha, pra mim, ele pediu para vocês se afastarem temporariamente, foi curtir a vida por aí e, como desejava te manter bem ali, na palma da mãozinha dele, ficava com esses "eu te amo" desnecessários para ver você quando bem entendesse.

Um dia desses, o garoto aparece chorando, pedindo desculpas e querendo voltar. 

Só eu que vi certo desequilíbrio emocional no rapaz? Como ser feliz com alguém inconstante a esse ponto? Acho complicado.

Por amar - ou somente gostar muito - voltei, e estamos levando nosso relacionamento. O problema é que o dito cujo insiste em ficar de papinho com várias, e eu não aguento mais. Quando reclamo, ele diz que sou muito melosa e que ele não gosta disso. Quando não reclamo ele diz que não me importo com ele, que não o amo mais. Sinceramente? Não sei mais o que fazer.

Acabe. É simples. Ele parece reclamar até se você respira, e amiga, isso de dar papo pra várias não é algo normal, não. Que namorado decente faz isso no mundo? Temos que ser observadoras sim, e se você nota isso, imagina o que ele pode fazer nas suas costas, sem que tu nem imagines..

Queria que ele demonstrasse para mim o mesmo que demonstra para outras, no mínimo um afeto, mas ele não consegue, parece que tem medo de demonstrar e acabar se machucando. O certo não seria esse medo ser meu?

O certo seria nenhum dos dois ter medo de demonstrar nada. Quando gostamos de alguém, isso se torna algo espontâneo. Fique atenta mesmo, pois se você sente essa falta de reciprocidade do garoto, é porque geralmente já se deu demais onde ele em nada contribuiu para fazer você se sentir única. Se ele não demonstra, será que gosta mesmo de você ou é imaturo demais para ter qualquer relacionamento ainda? Pra mim, que não conheço o cara mas estou lendo aqui, fica uma mistura das duas opções, sendo sincera.

Feminismo à parte, mas cá entre nós: mulheres tem muito mais medo de se entregar por completo. Eu tinha que estar com medo e não estou, me entreguei para esse relacionamento e até agora, não recebi nada em troca. Esperava um pouco mais de sentimento da parte dele, ou melhor, atitude. O que eu faço pra ele demonstrar? Me ajuda.

Não existe receita milagrosa, e muito menos feitiço. Assim como não tem maneira que o obrigue a demonstrar, as coisas tem que acontecer por natural. Se ele não demonstra e isso te deixa mesmo muito triste, a ponto de questionar o quanto se doa e se sentindo inferior, meio babaca, acabe. As pessoas sentem umas pelas outras e gostam de demonstrar. Se ele não se preocupa com isso ou faz pouco caso, repense bem, se esse é o homem que vai te trazer alegrias, que pode construir contigo uma história bonita, ou que realmente se preocupe contigo. Na minha opinião, tu mereces coisa melhor. Acho que levar um namoro assim é bem difícil, e só dá espaço para que a insegurança, o medo, e a rejeição plantem suas ervas daninhas e criem ninhos de minhoca na sua cabeça. Espero que eu tenha ajudado, e boa sorte, guria!

Quer enviar a sua história/dúvida/dilema também? É só escrever bem linda e com discernimento, bom português e sem se prolongar demais que daqui uns dias aqui está! Envie para camilapaier@gmail.com e just wait!

3 Comentários:

  1. Com tanto peixe no mar ela ainda fica se iludindo com um cara que não tem capacidade de demonstrar o 'amor' que sente, SE sente. Sei não, concordo contigo, ela devia pôr um ponto final nisso, relação sem futuro algum :b

    ResponderExcluir
  2. Incrível como nos tornamos idiotas quando gostamos de alguém, né?! Vendo a situação de fora é tão claro, nítido que o guri não gosta dela, só quer ter a guria na mão. O único jeito é sair fora mesmo, porque depois de tudo que li, acho difícil ele mudar. :(

    Adorei as mudanças do blog!

    ResponderExcluir
  3. Oi meninas, sou eu a guria da história, vim aqui avisar que acabou! Ontem pela manhã tomei a decisão e a coragem que faltava e acabei tudo com o dito cujo! Agradeço a você camila, por ter respondido esse e-mail. Talvez, muitas pessoas passem por isso também. E se alguém de vocês que lerem passar peço uma coisa: SAI FORA DESSA! É terrivel como dói agora, é terrivel ficar mal por tempos... Não se iluda com alguém que não te quer bem... Espero que eu, finalmente encontre alguém que me ame, e que demostre. Um beijo, amiga secreta :*

    ResponderExcluir