Ele

10.25.2011 -


Acho ele tão lindo, que faz com que o significado da palavra tenha inveja de tamanha beleza que não cabe em apenas três sílabas. Para mim, o cara mais gato do universo. E ser belo também não basta: insiste em ser o melhor de todos. E o melhor namorado que cuida de mim e passa creme e batom e seca meu cabelo e penteia meu cabelo, e que eu amo tanto, que nem bem sei eu como suportar sem. Muito muito muito muito muito muito muito. Tanto que me apaixono por ele a cada dia mais, ao invés de diminuir. 

E que daqui uns dias vai se tornar tão insuportável que vai ser só olhar pra ele rapidinho que já vou me sentir tão pequena e desprezível pro tanto de beleza e inteligência e paz que ele representa enquanto eu sou só o rascunho dessa caricatura borrada que ainda não consegue ser nada direito, tão esquerdista com a vida como escolhi ser: uma revolucionária, e do pior tipo - das que acabam por ter preguiça dos próprios ideais. Zilhões de ideias num feixe de luz que atravessa cerca de dez minutos - nenhuma delas, contudo, realmente concluída ou ao menos posta no papel. Enquanto ele desempenha centenas de funções dinâmicas num só dia, e vence trânsitos e chatices burocráticas, adora seu trabalho e treina na academia quando dá. E ainda assim arruma um tempinho que seja pra tentar me colocar pra cima, daquele jeito maestro de me orquestrar com pequenas pílulas em formato de elogio.

Como não amar por completo, sabendo que o outro veio também a este mundo com defeitos que a gente aprende também a admirar, e qualidades que nos ganham cada vez mais? Reais e de carne, e osso, escolhemos nesse mundo alguém pra chamar de "amor da vida": tendo suas limitações e vitórias, sonhos e metas, planos e manias. Nos pegamos amando desde o sono do outro, até comemorando as mais simples conquistas do dia-a-dia. Encontramos os sintomas de uma saudade que, mal cuidada, chega a ter chance de quase nos adoecer. Eu escolhi ele. Pode ser hoje ou daqui dez anos, a gente juntos ou separados, e eu sei que a grande paixão dessa minha simplíssima existência já tem nome. E é, e continuará sendo, ele. Mesmo que o "para sempre" me assuste, a gente parece saber quando algumas eternidades enraizam na gente.

Mal engatinho nessas coisas de amor, acabo por me sentir um tanto chata sendo essa aluna primária que  se autocritica para que aprenda tudo com o mínimo de erros possíveis, e pra já (porque não quero estragar nada, embora saiba que o percurso até que nos estabilizemos um aos gostos e vontades e manhas do outro, é longo; vezenquando, difícil, até que se saiba direitinho como lidar da melhor forma pensando por dois).
Gostaria de desbravar o redemoinho do canto dos seus cabelos que é pra tentar saber no que tanto ele pensa enquanto olha pro teto sem dizer nada. O mundo paralizado enquanto somente nós dois existimos dentro de um beijo, sentados no sofá. A camiseta macia, o canto onde caem as roupas, os despertadores que tocam. Nossos olhinhos, se contemplando mesmo quando não está claro. Ele ali, apenas sendo. Eu que, um dia cheguei a me questionar se apareceria mesmo aquele alguém que eu pudesse chamar - da forma que fosse - de meu, hoje, não questiono mais nada por acreditar tanto . Mesmo sem cavalo, com nome de príncipe e a cor exata e o tamanho e quantidade dos sorrisos que meus dias tanto precisavam. Tranquila, penso baixinho e enquanto ele se ocupa em viver como pessoa normal que pensa que é "é ele".

14 Comentários:

  1. Que enxorrada de amor Camila! Felicidades, e que sejam multiplicados os dias ao lado dele *-*

    ResponderExcluir
  2. Definitivamente Camila deve ser lindo, ver e ter a certeza diariamente de que "é ele" rsrs. Felicidades e que ele continue inspirando mais e mais os belos textos que andas fazendo ultimamente. Ah, o amorrrr....lindo!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ah, Camila!Do fundo do meu coração: fico muito, muito feliz em saber desse amor que você está vivendo, coisa linda!Amor, amor, amor pra vocês dois!'Que seja eterno enquanto dure'!Com tanta inspiração e sentimento lindo o texto não poderia estar mais tocante e deixando um gostinho de 'também quero' naquelas leitoras que estão aguaradando 'ele' chegar!Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente perfeito! me passe um poco desse "mel" ae de conseguir colocar os pensamentos e sentimentos em palavras tão harmoniosas!
    Continue escrevendo assim, pois isso serve de inspiração para tentar organizar os sentimentos no papel :}
    beixooo

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, tu foi presenteada com o amor e que dure até o último suspiro de ambos. Muita felicidade, é bom ler palavras assim!

    ResponderExcluir
  6. Eita Camila ....
    ta com a torneira aberta esbanjandoooo amor ....
    Arrazando sempre nos post..Bom dia Florzinha!

    ResponderExcluir
  7. Um suspiros , vários suspiros aqui .
    Que texto liiindo , e que seja sempre assim doce .
    Total felicidade .

    ;*

    ResponderExcluir
  8. Que coros gritem : Que lindo! hahaha

    Que amor bom esse que você está sentindo,que vocês sentem um pelo outro! Não desejo que continue assim,melhor desejo é que cresça cada vez mais a importância de um para o outro!

    Beijos e que haja sempre muito muito amor!

    ResponderExcluir
  9. só posso dizer que me emocionei :T o amor é lindo, mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Que coisa linda, é muito amor nesse blog!
    Lindo texto, pura paixão!!
    A simples frase dita "é ele" já me permite pensar que ele tem todas as qualidades do mundo apreciáveis e os defeitos toleráveis.
    Continue escrevendo e encantando todos com as tuas palavras!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Que texto sincero! É profunda a forma como tu descreves esse amor... É lindo! Mas o que admiro mesmo é não existir o medo de demonstrar isso assim, tão claramente! Parabéns! =)

    ResponderExcluir
  12. Felicidades Camila. É por histórias assim que ainda tenho esperanças de encontrar o "ele" da minha vida.
    Beijo e obrigada por compartilhar todo esse amor.

    ResponderExcluir
  13. É como dizem: Um dia a gente encontra o nosso par.
    Felicidades! =)

    ResponderExcluir
  14. Lindos, que seja ele então. Que coisa gostosa te ver apaixonada, até me bate uma saudade dessa perfeição imperfeita que é estar com alguém. Lindo lindo, parabéns Camila.

    ResponderExcluir