Da Alemanha: É hora de dar tchau.

8.16.2011 -

 
Três malas abertas pelo chão. Várias necessaires espallhadas pela cômoda aguardando o momento final. Sacos e mais sacos de lixo e roupas para doar. Assim está meu quarto enquanto escrevo esse texto. Há um prazer em não se fechar as malas que só quem viaja compreende. Prolongamos a despedida até o último momento possível, queremos eternizá-la. E assim como quando deixei Florianópolis, chove copiosamente agora em Weingarten. Até enchente vi aqui, pela primeira vez. As últimas fotos da cidadezinha, que eu faria antes de ir, não acontecerão mais, já fotografei com chuva e a experiência não foi das melhores. Prefiro manter as imagens da pequena e ensolarada cidade, que tão calorosamente me acolheu nos último dez meses, secas.

Estou a escutando agora “Os segundos”, da banda Cidadão Quem. Ele diz “Foi pouco tempo, mas valeu, vivi cada segundo..”. Essa frase é a mais clichê e mais honesta que poderia existir nesse momento. Você mesmo acompanhou aqui, por um curto espaço de tempo, um pouquinho da minha vida na Alemanha. Claro que faltou falar sobre muitas coisas, aspectos, acontecimentos, mas não me arrependo de ter levado adiante o convite da querida Camila. Tentei ser o mais fiel possível em meus textos sobre como eu via o que me cercava. Mas, sem choramingos, o momento agora é de alegria. Alegria em rever a casa da mãe, os amigos, as colegas, apesar de que é uma alegria triste, pois ela é acompanhada da dor de deixar para trás os novos amigos e as novas colegas.

Visitei alguns países além da Alemanha, vi quadros, castelos e praças que nunca imaginei um dia chegar perto. Elas existiam apenas nos meus livros e pesquisas. Eu já poderia morrer e dizer que realizei boa parte dos meus sonhos, certo? Errado. Há muito mais para ver nesse mundo do que nossos desejos todos juntos um dia idealizarão. Então, se com minhas palavras pouco refinadas, eu consegui de alguma maneira trazer para vocês esse gostinho, já me sinto realizada.

O vôo de volta pra minha terra é hoje, coincidentemente terça-feira, como nossa coluna semanal aqui no Blog. Portanto saiba que você aí me lendo está voando comigo neste momento. Compartilhado minhas lágrimas de emoção por voltar, passar.. deixar... Obrigada por terem também feito parte desse momento tão especial em minha vida.

Ah, mas não pensem que vocês se livraram de mim, não! Continuarei colaborando com o blog, porém agora de Santa Catarina mesmo.

um beijo.

Meirielle. (@meirits)

5 Comentários:

  1. Quanto tempo que eu não viajo, deu saidades...

    ResponderExcluir
  2. Que pena hein Mei?!
    Mas o importante foram as experiencias vividas, pra sempre guardadas.
    Obrigada por compartilhar um pouco deste momento.
    Como já disse outras vezes, viajei até a Alamanha uma vez por semana: Terça-feira.

    Beijos, até breve

    ResponderExcluir
  3. Agradeço por ter compartilhado pedacinhos da Alemanha conosco!
    E bem vinda de volta ao Brasil! haha
    Que bom que você vai continuar compartilhando várias coisas,já estava ficando triste com a despedida!

    Beijos Mei!!

    ResponderExcluir
  4. Que amor, Mei. Mesmo sendo um momento triste, você faz dele pura alegria também.
    Seja muito bem vinda no nosso Brasil. Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. todas suas postagens foram ótimas...
    me peguei várias vezes comentando com amigos algumas coisas que você nos contava aqui.
    esperando por mais textos \o/\o/

    ResponderExcluir