Calmila responde: da amiga fortaleza "confusa"

8.22.2011 -


Olá Camila, tudo bem? É Savanah, estou numa situação bem complicada. 
Namoro um garoto, é uma pessoa muito especial, sinto que ele gosta de mim e suas atitudes deixam isso bem explicito, no entanto eu ainda não sei o que sinto. 

Mas amiga, aceitou o namoro na indecisão de não saber o que sente? Como assim? Não era forte o suficiente o sentimento para que você dissesse "sim, sim, sim" ao som de passarinhos e coisa e tal, casal feliz naquele-eternamente-que-quase-sempre-acaba? No compreendo.

Esta mesma situação já se repetiu várias vezes nos meus relacionamentos. Sempre tive em mente que se alguém  estava se iludindo e por ventura viesse a se decepcionar na relação, este alguém não seria eu!

Você se relacionou, fingiu uma entrega que não existia, e se resguardou sempre com medo da entrega, certo? Qual a graça de viver sempre na retaguarda, sem nem se arriscar um pouquinho sequer? Você tem as rédeas da situação, sim, mas também a monotonia de não saber como é um amor de verdade.

Meus relacionamentos nunca duraram muito tempo, sempre fui muito estranha e confusa com relação aos meus sentimentos. 

Notável. Namorou, mas nunca sentiu mesmo o que era a palavra amor. Não sabia da existência de tal situação até ler seu e-mail.

Vim de uma família com uma relação um pouco desestruturada e logo cedo decidi que não quero que esta mesma cena se repita em minha vida. Foram poucas as vezes que falei sobre isso...

Entendo. Olha, família bem estruturada é o que menos tem por aí hoje em dia. Basta ver o crescente número de divórcios que apenas se somam, cada vez mais. Enfim, ainda acho seu medo injustificável. Vai contar o que para os netos? Que manteve a pose e foi firme, nunca enganada, mas nunca entregue ao que sente? Se permita, menina. O medo é o maior veneno.

Sempre me pego escondendo coisas de mim mesma... E hoje, mais uma vez, sinto que estou escondendo algo!

Daí só você pode saber, certo? 

Eu nunca tenho segurança quanto ao que estou sentou sentindo.  Me sinto perdida, sem saber o que fazer, que atitude tomar quanto ao meu namoro.. 

Acho que se há a tal insegurança, sentimento existe. Basta você liberar um pouquinho desse mesmo, já que seu namorado demonstra que há sentimento. Vá aos poucos, mas não fique guardando sentimento sabe-se lá pra que, a vida é hoje, é agora.

Meu namorado passou quase 2 meses fora, está chegando do Chile hoje a noite... Eu não posso terminar porque tenho medo de fazê-lo sofrer...  Camila, me ajude! 

Mas e você? Não gosta dele? Mesmo? Repense, que a decisão é difícil. Infelizmente, apenas você pode olhar para si mesma, internamente, e descobrir pelos jardins de si mesma as surpresas por trás de cada arbusto, jardim ou plantação. Olhe bem nos olhos dele, e veja se é só medo de perder mesmo o que te faz viver com ele, ou amor, que caso você o perca, você surtaria. Parece difícil, mas na verdade é fácil sim. Apenas reflita, se dê um tempo, e sinta.

O que fazer quando a dúvida e a insegurança nos perseguem e nos deparam no meio-tempo?
Desde já agradeço!
Beeijoos 

 Prosseguir. Tocar à diante. Parar, refletir, escolher um caminho com cautela, parcimônia, fé e coragem, e apenas ir. No final, com intuição nas mãos, o caminho certo é o que acabamos tocando. Espero apenas o melhor na resolução da sua situação. Boa sorte! Beijoca


Quer enviar também sua pergunta para que seja respondida por mim, Camila Paier, e exposta aqui no @Calmila? Mande suas mazelas para camilapaier@gmail.com que tento, desse meu jeito sincero até demais, dar uma luz até mesmo pra escuridão mais macabra.

3 Comentários:

  1. "o caminho certo é o que acabamos tocando"

    é isso!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, você n está sozinha. Eu te entendo, meesmo, meeeesmo. Teus segundo e terceiro parágrafo parecem meus kk. Talvez a Camila esteja realmente certa, mas eu sei o quanto é difícil essa mudança e o medo de se arrepender depois por ter mudado, enfim, só cabe a gente mesmo. Sorte ae, sorte aqui, só vai. haha ;@

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir