Da Alemanha: Ein Prosit!!

7.19.2011 -


Trinken, saufen, zechen, verbos que significam a mesma coisa: beber! Êta hábito bem executado por esse povo alemão. Cervejarias centenárias, sucos frescos em garrafa, vinhos franceses, caipirinha do Brasil, água pura e límpida - da torneira. Não importa o que está no copo, o alemão bebe, e bebe muito!

Não custa muito comprar uma bebida aqui, seja alcoólica ou não. Toda refeição sempre tem como acompanhamento um vinho, suco, ou cerveja, as opções de escolha são muitas. Eu demorei bastante tempo até provar as mais consumidas. Só não tomo café e seus derivados, isso eu não faço, me desculpe, apesar do café ser apontado como a bebida mais consumida pelo povo alemão no ano de 2009, vencendo até mesmo da água e cerveja, no cálculo per capita (Dados da Agência Federal de Estatísticas (Destatis).

Então, começando pelas leves. Aqui se pode tomar água da torneira. O estado tem fama de possuir a água mais pura do país! Eu não sei qual é a fonte, se vem do derretimento da neve dos alpes ou lençol freático, só sei que é fresquinha, apesar de conter uma concentração alta de cálcio.

A maioria das minhas colegas tem sempre uma garrafa de 1,5 L de água com gás na sala de aula. Eles adoram bebidas gaseificadas. A predileta penso que é a Apfelschorle, que não se iguala a nada que eu já tenha provado no Brasil. É como se eles colocassem o gás do refrigerante na garrafa do suco de maçã.. na verdade é exatamente isso. É um refrigerante saudável, pois é verdadeiramente feito de maçã. Ainda falando em maçãs, existe uma bebida, tipo vinho, feita com maçãs especialmente produzidas para ela. Se chama Mosch, mas eu não consegui encontrar  mais detalhes nos sites de pesquisa para explicar como é feita. Parece ser mesmo típica daqui da região.

Da maçã para a uva, um bom presente para dar se você for visitar um alemão  é o vinho. Dependendo da refeição, dos donos da casa, os vinhos franceses são a pedida certa, sempre. Os vinhos baratos aqui não dão ressaca no dia seguinte, ou deixam a boca da gente parecendo fãs de batom roxo (quem nunca bebeu um desses na vida?). Há também os chilenos e argentinos no mercado. No inverno se bebeu bastante quentão – Glühwein – vendia-se até mesmo em caixinhas, como as do leite, no mercado.

Agora, seja inverno ou verão, a bebida que deu fama à esse povo é a protagonista de todas as festas populares dessas terras germânicas. A cerveja, claro! São mais de 1200 cervejarias espalhadas pelos estados federativos, produzindo a dita para mais de 5 mil marcas. Uma compete com a outra pela qualidade e pureza. A pureza da cerveja é muito importante para as empresas alemãs. O duque Guilherme 4º, da Baviera, decretou em 1516 o conceito de pureza que vigora até hoje. Só é permitido o uso de quatro elementos para a fabricação da bebida: o malte, o lúpulo, a água e o fermento. Em outros países, como o Brasil, costuma-se complementar ou substituir parte dos ingredientes por certos cereais como amido,  arroz e ou até mesmo milho. Até porque deste modo a produção fica mais barata.

Segundo a mesma pesquisa que citei anteriormente, o alemão consumiu em média no ano de 2009 109 litros de cerveja por cabeça (ou fígado). Sério, você não consegue imaginar até entrar na parte de bebidas do mercado. É uma variedade absurda de marcas, cores e sabores de cerveja.

Tem uma muito popular entre as mulheres, por ser mais leve, chamade de Radler, ela é misturada com limão (mas o gosto é bom até). Descobri esses dias que na máquina automática de coca-cola do ginásio da faculdade vende esse tipo. Tirei até foto por não acreditar no que via!

Não se bebe como nós no Brasil, 3 garrafas para uma mesa de 5 pessoas. Aqui, cada um tem a sua garrafa, ou copo de 500 ml. SIM, meio litro de cerveja para cada pessoa. Parace exagero, mas não é (ou é e eu que já não encaro como um.). Se bebe devagar, conversando, a cerveja até esquenta um pouco, mas nada que estrague o sabor.
Eles adoram brindar bastante, é falta de respeito não olhar nos olhos de quem está tocando a garrafa na sua. E após brindar, se não beber é mais feio ainda! Alemães e suas tradições. Tenha certeza, fã ou não de cerveja, uma vez entando na Alemanha você também irá provar dessa bebida milenar. Não duvide disso. Portanto, um brinde... que já estou ficando com sede!

Abraços fermentados.

@meirits

6 Comentários:

  1. Ai que legal tu mora na alemanha? vi o teu blog por acaso e to aqui lendo, lendo... kkk adorei a forma que vc escreve

    http://www.versosembossa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. eu -MEIRI- moro. A Camila, dona do blog, mora em Porto Alegre mesmo :)

    ResponderExcluir
  3. Olá ,

    Iniciei um blog recentemente e navegando pela blogosfera encontrei teu espaço. Adorei aki, virei seguidora!

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Quentão em caixinhas??
    Que delícia!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. UP meninas, achei o tal do Mosch (na verdade se escreve Most, é que o dialeto aqui deles é fogo)

    http://de.wikipedia.org/wiki/Most_(Getr%C3%A4nk)

    ResponderExcluir