De LA para o mundo: os novos queridinhos do indie-rock, Foster The People

6.26.2011 -
Os três rapazes do grupo retratados em pintura
Em último lugar dentre as 50 melhores novas bandas segundo o semanário NME, mas sem decepcionar: os queridinhos de LA dominaram Coachella este ano, e tem tudo para ter em Torches, seu álbum de estreia, um dos melhores de 2011. Nascida logo ali no final de 2009, a já constituiu a química e equalizou os mínimos detalhes desde o seu EP de estreia, com três músicas, para o disco completo lançado dia 24 de Maio. Para uma banda de indie-rock que tem suas bases no pop psicodélico que tem dominado a cena musical (vide MGMT, Friendly Fires e Phoenix) e vem da Califórnia, Estados Unidos, o sucesso tem sido surpreendente.
Composta inicialmente por quatro integrantes - Mark Foster (voz, guitarra), Mark Pontius (bateria), Cubbie Fink (baixo, vozes) e Zach Heiligman (MC e compositor, abandou o projeto). Com a saída do último integrante, os outros três chamam mais dois músicos para auxiliá-los no palco. Ou seja, ao vivo, somam-se cinco rapazes fazendo som e transmitindo descontração e energia em forma de música.

O agora trio transita por diferentes vertentes da música pop atual. Desde a primeira música de trabalho, Pumped Up Kicks, daquelas que gruda na mente e faz cantar o resto do dia, há uma crescente e positiva ascenção quanto à receptividade tanto da crítica, como do público. Com essa mesma faixa, alcançou o #32 lugar no Triple J Hottest 100 de 2010 da Austrália.

De uma pegada dançante, e uma boa pitada de rock new wave, o som do grupo é jovial e contagiante, como assistir a um pôr-de-sol na costa americana.Um pé no retrô lisérgico, outro nas batidas bem definidas, os californianos contaram com uma produção de primeira linha para seu primeiro CD: Paul Epworth, que já produziu para Bloc Party e Adele. Quanto às influências dos moços, Mark Foster, vocalista e porta-voz dos rapazes se diz fã dos também ótimos Aphex Twin e Motown.

Com agenda lotada até outubro deste ano, o Foster The People está em turnê pelos Estados Unidos, com boa parte de seus shows tendo ingressos já esgotados, e logo depois vão à Europa em festivais pelo Reino Unido, Alemanha, e Suiça. Ainda sem previsões para aterrissar em terras brasileiras, nos resta torcer para que uma folga os faça colocar pelo menos a América do Sul no roteiro de shows e viagens da turnê do novíssimo álbum.
Ingressos esgotados para a apresentação do Foster The People
em Bluebird


5 Comentários:

  1. nao conhecia a banda;... gostei do som! amo indie!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. como sempre, tudo aqui é perfeito!

    ResponderExcluir
  3. Indie Rock é muito bom,adoro as bandas citas MGMT e Phoenix!
    Essa coisa contagiante do Indie é muito boa.


    Sinta-se à vontade para fazer postagens relacionadas a música! hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olha, você é mesma feita para nos mostrar bonitezas dessa vida, viu? Não nos surpreende só com textos mais pessoais, ou com algum sentimento entrelaçado, mas também nos mais diversos ramos que sua futura carreira lhe insere! É ótima essa diversificação tão brilhante que possuis. A banda, conheci por você, e como antiga presente em aulas de música, concordo com cada ponto! Ótima, ótima; adorei!
    Tens muito talento, muita sabedoria quando escreves. Parabéns, viu?
    Beijoca, amada.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia, estou muito desatualizada das boas coisas do mundo musical...fiquei presa as antigas, mas também boas!rs
    Bom ler tuas dicas!

    ResponderExcluir