Perfume

5.04.2011 -

Teu cheiro impregnado perto da minha nuca e colo é quase coleira invisível dessa felicidade que estampo. Lembrança recente de uma memória recente capaz de fremitar em ritmo descompassado, prender estômago, e estremecer mãos. Falir os sentidos e transportar para a irrealidade do sonho, questão de segundos. Chego a sentir a sorte que outros não vêem nem olfatam, toda alastrada por entre casaco e manta, pescoço e boca. Eu, que ando desprotegido pela chuva à fora que detesto, e continuo sorrindo, porque a vida tem sido mais que meros calos workahólicos e penosos agouros acadêmicos. Penso: sim, tem talvez o destino ou essa força maior me presenteado com algo que de tanto mentalizar, ocorreu. Desde a vez em que de longe, concordei: bonito, é. Mas sério, também. Agora, tudo isso. Na motriz do twist carpado duplo que deu a vida, essa sua chegada não anunciada dá a cada pequeno gesto e estupenda força delicada de me fazer sorrir, com qualquer feito ou palavra. Surpreendente em cada ato, extasiante. Com uma diferença vasta em detalhes derramados, me permito sair da bolha a que me submeti e fazer sujar um pouquinho fora dessa existência toda que por hora nos sufoca, e em momentos como o dos passos quase saltitantes, a mão na outra mão, beijos que percorrem queixo e orelhas escondidas, contemplação.
Pergunta sempre já sabendo a resposta de cor, a que tanto digo - teimosa em opinar: sim, eu acho isso. Acho que trocava a sua introspecção séria, de ser hora certa, pela minha loucura de mulherzinha que não se cala nunca, e nas mais inoportunas vezes, apronta. Penso também que se fosse sempre feriado e pudéssemos fugir das urbanidades rotineiras pra qualquer lugar em comum a que estivéssemos salvos dessa burocracia rotatória que se tornaram os dias, a vida teria ainda mais sono saudável e menos café, mais você comigo, e nós dois juntos; perto. Frases no meio da noite, e vertigens em meio aos sonhos, surf music que me embala no banco do lado, em poucos minutos. Enfeitiçada por teu perfume, louca por tua barba. E é verdade, eu não sei pra onde tudo isso caminha, mas se for de mãos dadas contigo, não me perco e nem distraio: aproveito.

28 Comentários:

  1. Nada confunde mais um coração que um perfume. Adoreeei como sempre viu Camila ? Mais uma vez, e nãoi me canso. Parabéns. :)

    ResponderExcluir
  2. ADOREI!! a gente nem reclama se o amor tiver ao lado né? (;

    ResponderExcluir
  3. Ah o tal do perfume... esse danado quando impregna na pele, na mente, no coração... ai ai!
    Ótimo texto Camila, ótimo! =)
    Beijinho direto de Recife pra você. hahaha

    ResponderExcluir
  4. Adorei o novo visual do Calmila
    e como sempre me encanto sempre com teus textos guria! Parabés!!! (:

    ResponderExcluir
  5. Se o perfume é bom, não se perca nem se destraia... Aproveite!
    Adoroooo
    Bjusss

    ResponderExcluir
  6. aaaaaah, mais um texto PERFEITO, né dona Camila? rs
    aah menina, você está de parabéns. Seus textos são um mais belo do que o outro.. já sou fã *-*
    e mais uma vez, posso dizer que encontrei nas linhas do "Perfume".
    E quem não se lembra de alguém ao sentir um determinado perfume, que atire a primeira pedra! rs

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Cada texto que leio fica mais relevante a sua superação e gosto pela escrita. LINDO!

    ResponderExcluir
  9. Ah, mas você saiu da bolha!!! Dá um sorriso mesmo nessa rotina toda, ê, que vida :D

    ResponderExcluir
  10. que texto maravilhoso! mais uma vez, esta de parabens! amei principalmente o fim, frase boa para escrever atras de uma foto!
    continue assim, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Juro, e você sabe, que "casei" há mais de um ano e esse texto descreve muito bem o que eu ainda sinto, o frio na barriga, o jeito de namoro recente que eu não quero perder nunca. Me identifiquei muito, tô adorando essa Camila apaixonada, haha. Um beijão.

    ResponderExcluir
  12. Lindo, Camila!
    Curta essa paixão sem medos, afinal quem não se atira no mar não se afoga, mas tb não experimenta o beijo da sereia... Beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. lindo! adorei as mudanças também! é sempre bom novos ares né?
    beijissimos

    ResponderExcluir
  14. O feitiço do perfume e o encanto de uma barba por fazer. Pouca coisa me deixa de pernas bambas e coração na boca, quanto essas duas!
    Tão delicado e comovente este teu escrito!
    Que tu aproveite mesmo, tudo isso e um pouco além! Nada de receios, ou coisa parecida!
    Tua felicidade está ali, entrando pela porta, através de uma " aparição anunciada".

    Espero que esteja bem. Feliz!
    Beijos, da Ana.

    ResponderExcluir
  15. O perfume dele sempre nós deixa bobas, assim como os pequenos gestos e palavras.
    Estou gostando de ver esse sentimento que tu esta depositando nas palavras flor,ele mexe com a gente.
    Eu senti através de suas palavras tudo que existe em meu coração. Quando temos alguém em nossa vida, alguém que nos faz amar as coisas ficam tão diferentes, tão melhores.
    Amei o texto flor, e continue assim, se permitindo ser feliz!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Bonito mesmo ver todo esse sentimentalismo que já é vivo em ti, em novos textos também. Um romantismo tão bonito, que só faz a gente se doer aqui de tanto torcer os dedos pra que tudo mais do que dê certo, seja lindo!
    Tá um amor, o seu espaço Camila.
    E esse texto revela o que a gente quer tanto sentir, pelo menos um dia nessa vida. Ou melhor, em todos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Perfume enfeitiça mesmo. É perigoso.hahaha
    Tá um amor isso, Camila. Li mais de uma vez e esse texto já virou meu favorito daqui.
    Só desejo que você aproveite. Muito, e com toda a sabedoria e gosto que você tem de sobra.:)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. É, a gente tem que se permitir sem feliz, apesar dos pesares... (:

    ResponderExcluir
  19. "Todo teu amor eu vi de longe
    De longe, de longe.
    Dava pra sentir o teu perfume
    Eu juro, eu juro."
    [ Marcelo Camelo ]

    Muito bom o texto - como sempre -

    Visitem (sigam): antimateriadonada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Eu só sei que quando eu terminei de ler , eu sorri , *-* , encantador.

    ResponderExcluir
  21. tem selo pra você aqui

    http://sabrinaapenasumaaprendiz.blogspot.com/2011/05/quinto-selo-do-blog.html

    *O*

    ResponderExcluir
  22. perfeito Camila. principalmente para esse momento em que estou....
    Ah como é bom isso.
    Cada vez que leio um texto não da vontadde de sair daqui..
    E sabe, se perder em alguem é tão bom

    ResponderExcluir
  23. E quanto pe bom assim tem que se deixar levar mesmo,porque o rumo de tudo pode ser tanto mistério como também destino!
    Continue se permitindo viver isso,dá uma alegria intensa se sentir assim não é? rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Camila, não entendo como cada texto que vc escreve parece que descreve meu momento ... incrivel! sempre sem palavras pra te falar o quanto me identifico e o quanto me faz bem ler seus textos.

    ResponderExcluir
  25. Uma inteligente e proveitosa escolha, a do desfecho! Aproveitar o momento, capturar a essência, sorrir com as lembranças...li, reli, adorei!
    bjs Camila!

    ResponderExcluir
  26. Te indiquei aqui: http://natthybulgaro.blogspot.com/2011/05/selinhos-especiais.html?showComment=1304643914082#c4765060179821650336

    Confere meu blog também: http://hilariaoliveira.blogspot.com/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Aproveite bastante querida, pode durar pouco ou pode durar pra sempre, então não perca tempo, se entregue e não deixe a felicidade passar...
    beeijo ;*

    ResponderExcluir
  28. Te vi recatada, como quem já aprendeu com dores antigas a se cuidar, e dar valor. Mas também como quem ainda enlouquece, e sente ciúmes, saudade. São coisas inevitáveis, boa sorte pra ti e aproveite MUITO.Beijo da Luh.

    ResponderExcluir