Espelho: não dividimos

5.23.2011 -

Nós, mulheres, podemos estar verdadeiros bichos da goiaba, mas uma atração é instantânea: a do próprio reflexo. Meio narcisistas, totalmente preocupadas com a aparência, nos olhamos em superfícies metálicas, vitrines das ruas passadas, espelhinhos portáteis, e enorme, de carros alheios e afins. O desejo de se estar bela, e bem - e de, se não estiver, dar uma ajeitada básica para o melhor possível mostrar ao mundo - é uma constante: a mídia nos alimenta como quem substantiva: tem que ser linda. Sejam divas. Arrasem não só quarteirões, como quadras, ruas e esquinas. Lá vamos nós atrás de malhação pesada, alimentação balanceada, e os cosméticos mais eficazes. Tudo em prol da concorrência, que sabemos, anda apertada (tire os gays, os compromissados e os pilantras; sobrará a se contar nos dedos as opções decentes).
Então que, nesses espelhos todos, um conforto, quem sabe. Fazemos tudo certinho, vamos à manicure sempre que dá, sofremos tirando sobrancelha e buço, caçamos roupas e sapatos em centros urbanos para que sejam nossos, e de nenhuma outrazinha. Entendam, homens, que é tudo questão de investimento, também: tempo, dinheiro, espaço na agenda, e uma vontade que você notem a superprodução hollywoodiana feita para vocês, embrulhada logo à frente.

Como compreender então, quando logo pela manhã, o cara vem ao seu lado, e limpa a pele? Passa hidratante no corpo, depila as costas com cera, usa mousse no cabelo. Faz as unhas, usa sunga para se bronzear, chapinha nos cabelos. Corretivo em espinhas, nem pensar. Pesadelo dos pesadelos: tira a sobrancelha também - pior é quando pede o contato da sua profissional. É deixar ir por água abaixo toda admiração máscula exercida até então. Ótimo que vocês se cuidem, homens. Que usem um bom perfume, cortem as unhas, os cabelos a mais. Perfeito. Porém, quando ele pergunta se você tem algum "creminho" para olheiras, antes de dormir, ou seca o cabelo com secador, não há ato afrodisíaco que faça retornar aquele boom de masculinidade do começo.

Falo por mim, e pelas mulheres e tias, moças inseridas no meu cotidiano: além de se conservarem "ao natural", sejam mesmo rústicos. Homens. Anda faltando tanta virilidade, tanta coragem nesse mercado. O que eu já vi de artigo estragado ficar anos na prateleira sem saber bem por que, acabam os dedos das mãos; inúmeros. Há ainda o prazo de validade, que esperamos condizer com a realidade e demais explicações do rótulo: não queremos levar gato por lebre. Ou nesse caso, um cara que tem mil e outras preocupações antes de se embonecar, por um verdadeiro Ken. Ser um bom representante da espécime masculina é muito mais que falar grosso e dirigir bem. Tem muito a ver com não temer sentimentos, se mostrar como é, conservar até um certo mistério que nos instigue cada vez mais a desvendar o que há por trás dessa paz de espírito toda.

Agora, meninos, sejamos breves e diretas: deixem a sedução de ser mulherzinha conosco. Deixem a barba por fazer, e que a vaidade se infiltre em escolher as nossas roupas, do que as de vocês próprios. Se mantenham simples, que é o segredo de continuar nos fazendo vibrar dentro dessa geração andrógina com possíveis homens de antigamente. E ah, não esqueçam de nos devolver as blusas justas e calças skinny e sarouel. Fiquem com o básico, que assim, vocês ficam ótimos. E fazem sucesso. Nos dêem o gostinho de ser meninas que precisam ser conquistadas por fortes cavalheiros do mundo moderno. A arte de tentar, como desafio, estar quase sempre linda e pronta a ser feminina sem nada de errado ter nisso. Sigam matando baratas, nos abraçando quando os barulhos estranhos lá de fora se fizerem presentes e fazendo o fogo do churrasco. A gente pode fazer o sacrifício de lavar a louça (ainda que de luvas), cozinhar de vez em quando, e pensar em todos os detalhes. Como era nas épocas de antigamente: sem muita frescura, cheio de simplicidade. Um homem, uma mulher, e um espelho. Preferencialmente, dela.

12 Comentários:

  1. Uhuu! Eu concordo em gênero,número e grau,com tudo que foi escrito. Vez ou outra,falo com umas amigas como alguns homens se portam atualmente. De verdade,prefiro o bom e velho homem másculo,sem frescurinha,sem tirar sobrancelha e usar creminhos pro rosto. E que continue matando barata. rs

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente! Homem tem que ser homem, deixem todas as frescuras pra nós mulheres!
    Apoiadissima Camila!
    beeijo ;*

    ResponderExcluir
  3. Concordo totalmente! Espelho é meu, vaidade é minha, pecar por excesso de tempo se arrumando é meu defeito, frescura faz parte da minha vida. E ponto final.

    ResponderExcluir
  4. Diva Camila como sempre escrevendo o que todas nós sentimos, achamos, queremos... E eu concordo PLENAMENTE com você. É lógico que homem que se cuida é legal, é bonito... mas quando chega ao extremo chega a ser estranho, não é? Enfim. Estou contigo, diva. Beeeeeeeeeeijo!

    ResponderExcluir
  5. Adooooooooooooro! Ah,Camila maravilhosa! Falou tudo. Está cheio de homens por aí , mas queremos os Homens, isso, com H MAIÚSCULO! dividir o espelho, o secador e cremes com eles não dá né? ^^

    ResponderExcluir
  6. Camila, concordo com cada palavra. Não dá pra aguentar um homem, que assim se denomina, usando tudo o que nós mulheres usamos, e hoje em dia, tem aqueles que usam até mais do que nós. homem tem que estar no seu papel de homem que é como nós gostamos, e o espelho, como você disse, fica pra mulher. um beijo

    ResponderExcluir
  7. Vou contar um segredinho: namorei um rapaz que disputava espelhos comigo, usava corretivo para esconder algumas espinhas e umas calças apertadas.
    Resultado: o namoro mais curto da minha vida! Que situação horrível, eu que o diga!

    ResponderExcluir
  8. rs...divertido o texto! Mas por favor homens, beeeem cheirosos vocês podem ser viu!? nada melhor...rs
    Bjs Camila!

    ResponderExcluir
  9. Nada mais justo que eles nos devolverem as calças skinny e voltarem a deixar a barba rala, e o cabelo secando ao vento.
    Adorei o texto. Muito real!
    Traduzindo opinião de grande parte das mulheres.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Camila arrasando como sempre! Concordo com tuudo o que foi dito! De neurose com aparência, já basta a gente. Que eles fiquem com o lado másculo mesmo, matando baratas, trocando lâmpadas, e nos achando igualmente bonitas com e sem maquiagem.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  11. Certamente não há nada pior do que um homem que não sabe ser homem!hahaha
    Tem que ter barba mesmo! E se vestir simples deixa até mais charmoso,uma camisa branca e uma caça jeans dá de dez a zero em uma sarouel(o que é realmente um desgosto em homens)!hahaha

    Não se fazem mais homens como os de antigamente!hahaha


    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Adorei Camila, realmente muito bom. É verdade que faltam homens mesmo, pra matar baratas e serem corajosos, andam todos de calça justa agora, no salão. Muito bom, adorei adorei mesmo. Beijão pra ti.

    ResponderExcluir