Homem quando quer

3.21.2011 -

A questão é tão simples que a gente finge complicar, para dar mais emoção. No fundo, sabemos realmente as verdades nuas, cruas e cruéis que fazemos questão de deixar passar, despercebidas. Despejamos as mais chatas das perguntas de se o cara tá afim ou não, analisando minuciosamente comportamentos e atitudes, falas e movimentos, com as amigas mais próximas (coitadas) e mentimos para nós mesmas tão bem, que quase nos enganamos - mas mulher sabe, e quando comete o delito de se transformar na louca carente desenfreada, sente na espinha a corrosão do erro cometido, do desacerto na ponta da língua, ao procurar quando não devia. Sem esquecer do jogo; e da comemoração, só feita quando os acréscimos terminaram e o abraço corrido já se deu por ocorrido. Vitória, para ambos.

Até então, na escalação, dois times: os caras que estão afim, e os que não. No primeiro time, estão aqueles que podem ir até o babão que corre atrás de você desde a infância, ao cara que você também tá afim, mas dá aquele tempo, disfarça e se segura. Enquanto ele não some por mais de três dias - é a regra universal, todos conhecemos - quer saber mais sobre a sua vida, ao invés do seu rebolado e te leva para jantar, aonde quer que seja. Apenas os bons moços, desse lado da rivalidade. Bons moços, e caras espertos (no ótimo sentido, pra todo efeito e nesses casos). Jogam aqui os que combinam com horários certos, procuram você sem ser insistentes (porque se forem em excesso, merecem ser ignorados para compreender com êxito o real sentido da sua negativa), convidam para programas legais e sentem o maior orgulho em estar ao seu lado. E a valorizam. Fazem dias comuns se tornarem inesquecíveis. Ligam mesmo após um dia cansativo, porque simplesmente gostam de você. E mesmo sutis, são perceptíveis. Surpreendem com pequenos atos, mesmo sendo caladões. Se tímidos, com você, fluentes. E raros, com o tempo fazem você perceber cada vez mais, o quanto valem a pena. Sem pressa, mas com atitudes - sim, eles tem - precisas, tem a sede de vitória que só você mata. Na maioria das vezes, se sagram campeões.

Do outro lado do campo, o time oposto. Bad boys, e cafajestes. Imaturos, inexperientes, ou aprendizes que não sobem nunca de nível - embora tentem. Lembra daquele cara que te fazia esperar sentada, maquiada e bonitona, pra nem aparecer? Ou aquele outro que mentia e inventava desculpas, tinha uma em cada canto da cidade e horror a compromisso? Então, também é veterano nessa equipe de derrotados. Moços que não ligam quando devem, e reaparecem apenas quando bem entendem. Telefonemas que não chegam. Relacionamentos instantâneos, fugazes e incertos. Intenções talvez nem más, contudo: inexistentes. Vão no banheiro e opa, quando você vai, passa por ele no caminho, debruçado no pescoço alheio (feminino). Mil promessas de amor não cumpridas, voltas e reviravoltas, egos imensos. Querer quando convém. Medo de qualquer intimidade que apareça com o tempo, ou intensidade sua, que escape num dos choros e guerras, cessar-fogos e bandeiras brancas por esses caminhos tortuosos e indesejáveis. Entram em campo com estigma de campeões em pé, e são derrubados no menor piscar de olhos: na corrida da vida que é esses relacionamentos que se entrelaçam e são sorte e azar, se confundem entre momento ideal, pessoas corretas ou não e afinidades em comum. Fatores decisivos, todos.

De fora de qualquer sentimentalidade, tenho acompanhado e visto mulheres cair na dúvida do que, de tão simples, complicam pelo prazer de também transgredir. Toda essa cegueira da qual tenho nojo e pavor, tamanha a simplicidade dos fatos que rodeiam. Chega a doer assistir ao desvario de companheiras de copo e de noitadas, faculdade e salão de beleza, esquecidas do que é necessário para não se deixar engolir ou enlouquecer por essas partidas por vezes enganadoras, quase nunca bem apostadas. Se ele estiver afim, será nítido. Transparente. Nem mesmo os nãos ditos no caminho serão capazes de fazer com que pare de correr. Homem quando quer, atravessa cidades e vai até o impossível. Encontra você, da maneira que achar, porque de tanto que deseja, vai atrás sem nem pensar em prejuízos e prerrogativas. Quer mais é correr atrás do que caça, e travar luta com os dragões no caminho. Empunha espadas, e a salva da torre maldita que é ser mulher e assistir a isso tudo, podendo muito pouco modificar um destino. Que resulta nisso aí mesmo: homem gosta de conquistar, é da natureza masculina.

Desde cedo, lhes foi doutrinado o papel de ir atrás e disputar, dominar e vencer; militar arduamente para se alcançar o objetivo a atingir, ver cada gota de suor no formato de recompensa. Depois de tantos dribles e percalços, tapas na cara, faltas e impedimentos, vamos logo nós femininas,  e de salto alto marcar o almejado gol? Não é justo, não nos cabe. Torcer, sim. De forma sucinta e silenciosa, para exprimir a felicidade e não deixar que a inveja corrompa. Agora, se ele quiser, e você também, os saiba que os adversários ficam para trás e são vencidos. Sejam eles o time do lado de lá, as paralisações necessárias, a prorrogação ou os pênaltis. Quando dois querem, unidos ganham o mundo.

50 Comentários:

  1. Oi manequim mais nova da roupinha linda dos dezenove! (:
    Que texto hein?!
    Que eu saiba me unir, para vencer!
    Não do mundo, mas O Mundo, com o mundo!
    Acho flor, que todos devíamos pensar assim. Em todas os diferentes relacionamentos, porque quem sabe assim, o ódio e a ganância, deixem nosso querido mundo em paz?!

    Adorei.
    um grande beijo guria! =)

    ResponderExcluir
  2. Adorei :)
    Leio todos os seus textos,é como o meu ponto de paz diário.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Muito per-fei-to, é o que tenho pra dizer! Nossos olhares estão sempre mudando, renovando. E parece que hoje é mais fácil notar tudo o que você descreveu tão minuciosamente aqui, no seu texto. Seus olhos não permitem que algo fuja da sua visão tão centrada e até crítica que todas nós deverias ter. Mas que ótimo, que tu também nos ajuda nisso, né flor? Sensacional, viu? E assino em baixo de cada vírgula ou ponto, que tu aqui deixou.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Excelente percepção da realidade nua e crua.
    Continua assim Camis, vai longe.
    ;)

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho muito a mania de me enganar, querer transformar as coisas, mas quase sempre não consigo sustentar essa "mentira" pra mim mesma!
    Só sei que hoje é dia está super complicado ganhar esse jogo! Estou vivendo um empate, na verdade o jogo ainda não terminou, hora gol de um lado, hora do outro, vamos ver o que nos reserva no final!
    Beeijo ;*
    Adorei o texto como sempre!

    ResponderExcluir
  6. exatamente! homem quando quer, vai atrás e luta pelo que quer. texto MUITO verdadeiro e concordo com tudo, apesar de muitas vezes criar expectativas que não deveriam existir! beijos pra você e já te dei parabéns no twitter, mas vai por aqui também: feliz aniversário um dia atrasado, ahah! :*

    ResponderExcluir
  7. cada parágrafo milimetricamente detalhado, e perfeitamente dito. Me serviu de proximo post para o meu blog *-*

    Como sempre, ótimo texto. Meu blog inspirador s2

    ResponderExcluir
  8. Acho que por mais que me envolva com algum cara do tipo que não presta eu sempre sei dos riscos que corro e sei tambem quando estão afim realmente, no fundo todas sabemos como tu disse mas temos a mania de "idealizar" imaginar.
    As vezes sofremos porque queremos, e já outras porque o cara enganou bem mesmo.

    otimo texto como sempre!


    Beijos

    ResponderExcluir
  9. outro texto excelente, cheio de verdades.

    beijos.

    ResponderExcluir
  10. É essa idealização que mata mesmo,mas com o tempo aprendi a me controlar nessas idealizações! haha Todo um treino e questão de sensatez também!

    Beijãao!

    ResponderExcluir
  11. Sabe Camila, andei pensando exatamente sobre isso esses dias. Mulher não é um bicho de sexto sentido, é um bicho que utiliza apenas seis deles. A gente sempre sabe quando o homem tá afim ou não tá afim.
    O problema é que somos tão auto-suficientes que não queremos dar o braço a torcer. Como assim ele não quer?
    E aí a gente começa uma sucessão de erros, enquanto deveríamos ficar quietinhas.

    Porque para o homem, não tem sentido nenhum não precisar conquistar.

    Continue escrevendo!

    ResponderExcluir
  12. E cá estou, lendo as continiuações dos seus tweets!
    Você escreve muito bem.

    ResponderExcluir
  13. E cá estou, lendo as continiuações dos seus tweets!
    Você escreve muito bem.

    ResponderExcluir
  14. Acho que meu caso encontra-se no segundo...então me pergunto: Porque quebrar a cabeça com algo sem futuro? É amor, ou ser idiota...não sei bem.
    Como sempre, muito bom.

    ResponderExcluir
  15. Me diz, como tu consegue transformar toda essa realidade em palavras? Amei, só pra variar. Sucesso, Camila!
    um beijo

    ResponderExcluir
  16. Porque, o fundo, quando se quer, nada é motivo de desculpa.
    Aliás, as desculpas esfarrapadas ficam com o time perdedor.
    Os campeões sabem onde fica o pódio!

    Beijo.
    (:

    ResponderExcluir
  17. Olá querida que está ainda mais linda aos 19 anos, esses dias assisti um filme que chama ' ele não está tão afim de você' que se encaixa perfeitamente no começo do seu texto, nos sabemos todos os sinais de quando eles não querem, mas criamos tantos pontos ilusórios que acabamos acreditando que eles querem sem querer. rs
    Quero tanto que saia um livro seu guria, cada dia mais encantadora.

    ResponderExcluir
  18. encontrei um que quer tudo e que me quer também! é lindo!
    unidos ganhamos o mundo mesmo! Lindo Camila! Parabens!

    ResponderExcluir
  19. adorei! ando tão cansada desse lamento feminino que joga nos homens toda a responsabilidade de seu eterno sofrer e buscar.
    algumas mulheres transformam toda "possibilidade" em "o homem de sua vida".
    somos seres inteligentes, sabemos diferenciar!

    ResponderExcluir
  20. muito certa , isso ai , a união resolve e ultrapassa , qualquer problema (obstáculos)

    ResponderExcluir
  21. Flor, tenho certeza que aí, onde escreves, há uma bola de cristal em que você prevê tudo aquilo que pensamos e sentimos. Uma guru, quem sabe? Rsrs
    Falando sério agora, todas nós sabemos quando um homem quer ou não. A verdade é que, como bem disseste, fantasiamos outra realidade, ligada intimamente ao que desejamos que aconteça. Já aconteceu com boa parte das mulheres, creio eu.
    No mais, ótimo texto, como sempre. Continuo torcendo para que o seu livro saia logo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Lindo demais, Camila..
    Nossa, parece que foi feito exatamente pra mim :\
    Adorei mesmo, mesmo e mesmo!!
    Cada dia fica mais claro a grande escritora que é você! ;*

    ResponderExcluir
  23. É verdade, não há porque toda essa carência e desvario quando há sim sinais de que o que é desejado, também nos deseja, mas se este não deseja em volta? Eu fácil falar, mas fazer com que tantas e tantas se apaixonem pelo primeiro time, é meio difícil, mas acho que isso é coisa de maturidade feminina também, querer sempre o inalcançável.
    E minha vó sempre dizia, sobre seu último parágrafo, quando um não quer, dois não amam. Ou era algo assim...
    beijos.

    ResponderExcluir
  24. Lindo texto Camila! Realmente sofremos pq nos deixamos enganar.. nos iludimos com algo que não existe, ou existe só na nossa cabeça.

    Quando o cara quer, não existe barreiras e obstáculos para ele. Distância, totalmente fora de seu vocabulário..

    Bjs Flor! Uma linda semana.

    P.S: Postei ele no meu blog

    ResponderExcluir
  25. Camila, amada. tem um selinhos pra ti aqui ó http://changingallchannels.blogspot.com/2011/03/mesmo-com-atraso-os-selos.html
    beijo grande.

    ResponderExcluir
  26. Lindo artigo, o melhor que já escreveu, adorei!...
    Beijos: Jú.

    ResponderExcluir
  27. Fato Camila! A pessoa quando quer, dá um jeito, o jeito que for! Homem mais ainda! Considero que nos cabe sim, fazer as investidas necessárias quando a recíproca é verdadeira...no mais, bola fora!
    Gostei do texto, cada dia melhor hein "guria" rs*
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Muito bom! Identifiquei minha história em alguns pontos do seu texto.

    Acompanho seu blog há um tempo, e gosto muito. Parabens! :D

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. Acho que nós, apaixonadas e intensas que somos, nos enganamos sim, muitas vezes, tentando fingir que há um problema na relação, enquanto o problema é o fato de que o cara simplesmente não quer a gente.
    Entretanto, não sei se é uma pontinha da minha identidade enganadora falando, mas não acho que essa seja uma regra sem exceções, não podemos generalizar. Existem homens e homens, e talvez alguns deles não tenham toda essa força de vontade em correr atrás do que desejam.
    Ainda assim, o seu texto ficou lindo. É incrível como a gente pode escrever sobre assuntos iguais de formas tão diferentes.. falo isso porque esses dias mesmo estava lendo um texto sobre o mesmo assunto no site da Tati Bernardi. São formas e formas de se expressar, e confesso, sou fã de ambas :)

    Ah, parabéns pelos 19, querida! Que sejam muito bem vividos e muito bem escritos!

    Beijo grande :*

    ResponderExcluir
  31. Nossa!!Nossa!!Nossa!!

    Tirou as palavras da minha boca guria... simplesmente é isso.
    Apenas o querer faz, de maneira proposital acontecer essa "vitoria".
    ahhahaa


    Bjos e mais beijos!!

    ResponderExcluir
  32. É como diz aquela velha e certeira frase: "O interessado sempre corre atrás."
    Agora incrível como, hoje em dia e na maioria das vezes, nós, garotas, ficamos paradas esperando que o garoto dê o passo certo. E o mais incrível ainda: Aquele que você quer, nunca dá.

    Adoro seus textos, totalmente!

    ResponderExcluir
  33. Como já disse uma escritora muito conhecida por todas nós: "O interessado dá um jeito."

    ResponderExcluir
  34. quem ama corre atrás e dá sinais nítidos de que ama mas uma garota apaixonada vê coisas e idealiza momentos e ideias que não existem. é a hora das amigas ouvirem as famosas frases: ''será que ele gosta mesmo de mim?'', '' Por que ele não me liga logo?''. coisas tão simples para quem está de fora mas tão complexas para os envolvidos. afinal, o amor é simples e nós é que insistimos em torná-lo complicado. não preciso nem dizer que amei o texto, isso é óbvio. um beijo querida :)

    ResponderExcluir
  35. Quando um cara quer de verdade. Não há nada que o impeça de correr atrás. Homem apaixonado é ainda mais intenso. Faz de tudo pra ficar junto. Quando eles não querem nada... não existe reza brava que os faça mudar de idéia.

    Texto mais que perfeito. beijos

    ResponderExcluir
  36. Na verdade, eu já tive uma aula de biologia sobre isso. É sim da natureza dele correr atrás, mas a desculpa "traí porque sou homem" não deveria colar, já que são todos (pelo menos teoricamente) racionais. Enfim, é triste ver tantas cair nessa armadilha.

    ResponderExcluir
  37. Muito talentosa. Gosto de toda essa sabedoria, que mesmo tão jovem, tu já tem. Gosto do seu jeito firme também, que constatei em muitas das nossas conversas. Adorei a parte dos cafajestes, muito bem escrita, já que desse tipo, conhecemos muitos. São perdedores, certamente. Parabéns por todo o teu sucesso flor, que a sua estrela brilhe mais e mais. um beijão

    ResponderExcluir
  38. Olá Camila! Ameeei esse texto e concordo em gênero, número e grau com tudo exatamente o que está escrito ali... pq as pessoas mais inteligentes que eu conheço de repente ficam cegas e não sabem se uma pessoa está afim ou não quando os fatos e as atitudes do outro deixam tudo extremamente às claras?? não entendo como se cegam tanto... enfim... ótimo teu texto!
    E aproveito também para comemorar junto contigo a retirada do teu plágio do ar! Fiquei extremamente feliz mesmo! Bom ver que de vez em qndo acontecem justiças nesse país que sofre de descaso nessa área... Parabéns e que teu blog continue fazendo muito sucesso! Continuarei te seguindo e lendo por aqui =) beijo.

    ResponderExcluir
  39. Homem quando quer realmente faz por onde e dane-se o que os outro pensam. O problema é que nós mulheres temos a péssima mania de sempre optar por quem mal nos quer, então aí é sofrimento e ilusão na certa.Porque mesmo ele não querendo a gente finge não ter percebido isso e vemos em qualquer simples ato dele, um grande motivo para ter esperanças futuras.

    Muito bom texto.
    bj Camila!

    ResponderExcluir
  40. Verdade! Como sempre são as suas doces porém ariscas palavras (como eu gosto de ler e viver). Isso me faz lembrar de um filme..."Ele simplesmente não está a fim de você."

    Um enlatado americano e blablablabla. Mas bem agradável de se ver, pra lembrar dessas coisas que a gente esquece quando insiste em justificar-se pela ausência alheia...

    ResponderExcluir
  41. Fui lendo e me entristecendo.
    Fui conquistada e me apaixonei pelo 1° tipo "q fazem pequenos momentos se tornarem inesquecíveis" e com o tempo vi ele se tornar o 2° tipo "cafajeste" (embora ñ comigo, mas de um modo geral, separados pelo tempo e distância). Hj ainda me pego nostálgica relembrando todos aqueles momentos maravilhosos (apaixonada em silêncio e por alguém q talvez ñ exista mais, ñ pra mim) com a sensação de q nunca mais vou encontrar alguém q me faça sentir isso, espero estar errada.
    Mas é isso msm, "Homem quando quer ..."

    ResponderExcluir
  42. Ótimo texto e ainda cheio de verdades. Adorei! Estou te seguindo...

    ResponderExcluir
  43. Nossa esse seu texto é o típico texto que a gente devia grudar no espelho pra nunca mais tentar se enganar...É profudamente óbvio que os homens quando querem correm atrás...mas infelizmente temos o defeito de tentar nos enganar, achando que talvez eles estejam ocupados ou sem tempo pra ligar...Bobagem!!
    Adoreii o texto! Falou tudo!!
    =*

    ResponderExcluir
  44. Eu estava mesmo precisando ler tudo isso. De tantas decepções acabei desaprendendo tudo isso que jurava saber. Obrigada pela doce recordação. Obrigada de verdade.

    ResponderExcluir
  45. Que beleza de texto! me encanta essa direta expressão feminina... parabéns. Vou lhe visitar mais vezes!

    ResponderExcluir
  46. Que beleza de texto! me encanta essa direta expressão feminina... Parabéns e obrigado pela inspiração. Vou lhe visitar mais vezes!

    ResponderExcluir