Ao ano que vem

12.26.2010 -

Querido que ainda desconhecido, começo.Venho cheia de certezas bater um papo para, quem sabe, fazer com que entremos em sintonia. Mesmo que ande impossível, ou que assim seja para todo o sempre, em relação à mim - tão fugaz, fugídia, escapista. Porém, pedir que você permita que eu irrompa todas as instabilidades que vem pela frente, no formato vinte mais quatro horas, diariamente, é suplicar para que me atenda o telefone. Que pouse então, ao chão, e num mesmo nivelamento, eu possa com calma dar os passos que faltam para entrar em você serena, complacente. Tudo porque, como é de praxe, detesto final de ano. Me torno a pessoa mais reflexiva possível, e como é de conhecimento geral, pensar demais enlouquece, sim. Revejo erros, tento acertos atrasados, e tracejos promessas inconsequentes, que se quebrarão assim que a primeira semana de uma nova data se conferir por entre agendas e jornais, revistas. E você será a capa das infindáveis publicações, tentando ser compreendido pela massa, revolucionando com previsões que também em sua maioria não se cumprem. Se você promete a todos, caibo em meu papel de meu auto iludir - muito menos catastrófico, aposte.
Por fim, não se mire ao exemplo de seu irmão mais velho, que te cede o trono. Honre essa coroa que em ti estará, e dê a tal felicidade tão escondida, àqueles que não desistiram de tentar acertar nos dados que a vida joga. Olhe com sensibilidade para tudo que se plantou e ainda não floresceu, e não seja bandido de roubar da horta alheia, correta, para presentear aos que desmerecem: aja com justiça. Mesmo novo, vá por si só. Pense e aja com revolução, mudanças, inovações. Coloque alguns desafios, que é pra dar aqueles sustos de perder um pouco o sono e tremer na base de vez em quando, só pra não deixar demasiadamente fácil a tarefa que é ser humano e estar vivo. Deixe que o povo fale e ouça, que se comunique. Isso está em alta, te digo. Saber ouvir, e querer dizer, complementar; muitas vezes, é o que tem salvo casamentos quase desmoronados, e relações que ainda não tiveram tempo de amadurecer. Por favor, traga amor ao pessoal. Como dizem, sem gelo e em doses fartas: que nos embriague mais que a champagne do brinde à meia-noite, e faça jus às nossas roupas de baixo, sempre temáticas e piedosas. Mas amor que fique, amor real, sem contos de fadas e paixões borboleteadas. Real, e puro; forte e consistente, completamente apaixonado, e ainda assim, amável, o amor. Estável, entende. Que marque, mas também que fique. Que dê o gostinho de felicidade, mas que mostre também que há sabores ainda obscuros, igualmente imperdíveis.
Se você me vir, já sabe: avise o cupido que é pra acertar o alvo. Não só em mim, mas em alguém que queira exatamente o que desejo, me acompanhe. Traga mais risos infantis, em meios a tardes tediosas. Algumas brincadeiras com meus pequenos, que vejo crescer e sabe-se lá até quando assim será. Maior carinho entre eu e meus pais, que tanto amo e às vezes escondo. Guarde as tão minhas lágrimas para ocasiões necessárias, mas existentes (algum aperto no peito nos embriaga de nós mesmos por ventura, e além do mais, chorar só se for de alegria). Dias de verão, para que me sinta saudável e bonita. Dias de inverno, para que me aqueça em algum outro corpo que não sei e reconheça o aconchego de deitar e dormir, e se cobrir quase que até a cabeça. Conserve as amizades que fazem sentido, e pode levar aquelas que de superficialidade sobrevivem: quanto mais cedo o que não vale a pena se vai, aqueles que podem mudar nossa vida antes chegam. E para melhor. Bebedeiras com minhas companheiras, momentos de confissões entre amigas. Beijos apaixonados, ou não. Mas beijos. Abraços com altas doses de força e calor. Conselhos sábios, mas poucos - pergunte à seus antecessores: eu não sigo. Eventuais loucuras, para o livro de histórias da vovó que futuramente serei. Quem sabe um carro, aceito também um apartamento. Emprego, dinheiro no bolso, na carteira e espalhado pela bolsa. Saúde ótima, pra que eu tenha a liberdade de aprontar, aprender e fazer com que isso apenas me deixe ainda mais forte. Intuição e fé, pra que eu saiba os caminhos a seguir, e que sejam estes sem complicações fúteis.
E principalmente, 2011, que você me faça feliz. Não me maltrate, suplico. Me deixe contente em ter não apostado todas minhas fichas em você, e me surpreenda, se o caso for. Porém, que tatue nos cadernos e pautas, no que escrevo e que vivo a cor que o ano que ainda não terminou se esqueceu de fixar. Vilão que foi, acabou sem demais sorrisos, e levou consigo tanto a alegria extrema quanto a tristeza lamuriante que vivi os doze longos meses (quase) passados. Deixou vazio, inteirinho pra que você pinte e borde o que quiser. E que desde já, peço que é pra acontecer: que venha, e que chegue com força. Me surpreenda, e faça-se meu herói. Seja o que não foi 2010, e seu papel cumprido será: daqui um ano, quando estiver exercitando o pensamento e novamente dedilhando teclas e idéias, posso pensar 'não acabe dois-mil-e-dez, você não prometeu e existiu'.

27 Comentários:

  1. Eu orgulhosamente, sou sua fã. e que delícia você ser gaúcha, e que delicia ter essa personalidade. é de admirar demais e demais! e tudo nesse seu texto, são pedidos meus, creio que de todas nós. e eu ando realmente num estado ruim, mas venho aqui, leio textos antigos, e as coisas melhoram, aos poucos. muito obrigada. texto grande? foda é ler porcaria que muitos blogs escrevem, o que você escreve, é prazeroso de se ler, por isso, não cansa.
    você é sim, uma das minhas escritoras favoritas. beijão e que venha 2011, sem maltratar

    ResponderExcluir
  2. Olá escritora.
    Está de parabens como sempre, tu sempre traz algo novo que comfortar alguns corações enrolados.
    AMOR! essa é mesmo a solução do mundo, meu bem, e que ele seje verdadeiro.
    Todos nós passamos por altos e baixos nesse ano que passou tao avexado(vc tb)
    Desejo mesmo de coração guria. Que mudes muito e pra melhor e que se torne uma mulher sabia e edificadora.
    O amor de verdade virar, pois no mundo a diversas exceções assim como VOCÊ
    Xero, guria

    ResponderExcluir
  3. Tu sempre falando por todas nós ne!
    E o texto nem ficou grande, não achei!
    Eu espero tudo isso de 2011 também, que ele seja doce como diz o Caio né!
    E nem preciso dizer que torço muito para que o seu ano novo seja realmente novo né, para que tu consigas deixar o que não te faz bem pra trás e se permita conhecer o novo. Viver o novo.
    Feliz 2011 guria, tudo de bom!
    Esse texto se tornou um dos meus favoritos empatando com o Giz! rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. E que tudo isso se faça realidade em sua vida, flor, pois você merece muito!
    Parabéns, mais uma vez, pelo texto e por tudo o que representa para muitas pessoas.
    2010 realmente não foi um ano bom, mas sem dúvidas, você foi uma boa surpresa para muita gente!
    E que o ano vindouro, como você bem disse, faça acontecer!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Minha amada e querida, o texto como sempre é fantástico.
    Incrível a capacidade que temos de acreditar no desconhecido, no novo, naquilo que nos espera no próximo ano.
    Vão ser tantas coisas.
    E eu espero continuar lendo todos os teus textos.
    Inclusive eu mencionei você, no meu ultimo texto do blog.
    Sabe Camila, nós fazemos uma enorme diferença com o pouco.
    Obrigada pelos textos lindos e pelos comentários sinceros!
    Tudo de bom na sua vida, sucesso e felicidade!

    ResponderExcluir
  6. Como não achar perfeito cada palavra escrita por ti? Sinto orgulho e prazer de falar contigo e ver cada texto teu me dá vontade de escrever mais.
    Espero continuar acompanhando tua escrita e ler muito mais dessa perfeição
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  7. A primeira coisa que temos que fazer é acreditar...
    e 2011 vai ser bonzinho com a gente siim, vai ser o começo de muitas coisas boas!
    Mas até que não tenho muiito do que reclamar do seu irmão mais velho, ele me ajudou a crescer, posso dizer que existe uma Raissa antes e depois de 2010!
    Que venha 2011 com muito amor, alegria, felicidade e novidades!
    Beeijo ;*

    ResponderExcluir
  8. E depois de ler esse texto só me resta dizer 'amém' ,que assim seja.Assino em baixo de cada palavra dita.
    Que 2011 seja um ano de realizações,e que as promessas de um ano melhor sejam cumpridas.
    Vale lembrar que todos os nossos pensamentos são um imã e atraimos o que transmitimos.
    Sinceramente desejo tudo de melhor pra ti e que em 2011 vc esteja mais inspirada que nunca e escreva mais textos incríveis.
    Felicidades e sucesso !
    E que venha 2011 .

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. É, vai chegando final de ano e também fico asim,pensando feito louca, e desejando mil coisas,faznedo mil planos!
    E que 2011, seja um ano maravilhoso pra todas nós,que sonha mos, desejamos,lutamos,para conseguir o que queremos!Para que a felicidade sempre seja nossa melhor amiga, a mais íntima possível!
    2011, até então é uma surpresa.Que seja surprsa boa né!

    Beijãao (:

    ResponderExcluir
  10. Acho que tu escreves por todas nós. Final de ano e os desejos, por mais divergentes que sejam, convergem em desejos de melhora e positividade. Ao contrário de alguns, eu não quero que esse ano acabe logo porque tá no pódio dos melhores da minha vida, ou pelo menos dos que eu me lembro. Mas espero que 2011 não seja menor, e nos surpreenda.
    Boa sorte pra todas! :)
    Lindo o texto e, apesar de grande, delicioso te ler.

    =*

    ResponderExcluir
  11. que esse 2011 tão desejado venha pra todos nós *-* a cada dia seus textos fazem eu te admirar ainda mais, escritora preferida [2] Feliz ano novo:*

    ResponderExcluir
  12. Perfeito!!!

    Um Feliz 2011 para vc!!!

    Meu desejo é que continue nos fazendo refletir com os seus belíssimos textos.

    Bjs!!!

    Nos vemos no ano que vem!!!

    ResponderExcluir
  13. Tudo aqui é muito bom...voltarei.

    Beijos pra ti e um Feliz Ano Novo!!!

    ResponderExcluir
  14. O segredo é acreditar e ir atrás desses pedidos!

    ResponderExcluir
  15. Eu amei esse texto!!! Feliz 2011 para todas nós!!!
    Sou sua fã...
    bjok

    ResponderExcluir
  16. E que o próximo ano seja melhor que o que passou, para todos nós!!!

    ResponderExcluir
  17. Camila, querida! Belíssimo texto. Que 2011 venha com tudo. E que seja bonzinho e consiga atingir todas as nossas expectativas. 2010 não foi lá essas coisas, já vai tarde. hahaha. Que 2011 seja mais doce!
    Sucesso, guria! Sempre.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  18. Ai, guria, que texto lindo. Tão meu!

    Beijos linda, e que 2011 não deixe a desejar pra nós!

    ResponderExcluir
  19. Camila, minha querida! Quero lhe desejar muitas coisas doces em 2011. Que sejamos fortes o bastante para aguentar tudo o que vier, que ao inves de lampurias e lágrimas, possamos sorrir mais. Que voltemos a acreditar no amor, mas antes no nosso proprio amor.

    É isso que desejo para você, para mim, e para tantas outras pessoas que foram 'maltradas' em seus sentimentos.

    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  20. E que assim seja, haha! Camila querida, que tudo de melhor aconteça com você nesse próximo ano, que tudo o que pediras venha, porque mereces. Olha, seus textos são uns dos mais perfeitos que eu já li, todos, sempre superam qualquer outro. Você tem talento, muito talento, mesmo! Desejo-te muito mais sucesso ano que vem. Beijos e obrigada pelo apoio no meu blog sempre, é um orgulho ter você como leitora. :*

    ResponderExcluir
  21. Ah, mas você tem umas sacadas incríveis na hora de dizer coisas simples.
    Eu me identifiquei muito mesmo quando cheguei aqui: ah, tô em casa. (:

    Não gosto de fim de ano, enfim, mas tiro-te o chapéu aqui.
    Feliz Ano Que Vem :*

    ResponderExcluir
  22. "E principalmente, 2011, que você me faça feliz. Não me maltrate, suplico." Essa frase diz tudo, a única coisa que eu realmente espero desse novo ano. Adorei de paixão o texto. Tu é o máximo. Beijão!

    ResponderExcluir
  23. Não consegui me comunicar com o tal do 2011 ainda, Camila. Mas você o fez incrivelmente bem. To quase dizendo pra ele: ó, faz o mesmo que for fazer pra Camila, tá? Só acrescenta umas 3 coisinhas e tira umas outras 3 e fica tudo bem :) HAHA

    Muito bom, como sempre!
    Beijão

    ResponderExcluir
  24. como sempre mais um belissimo texto hein Flor.
    "E principalmente, 2011, que você me faça feliz. Não me maltrate, suplico."
    Adorei,.

    é tudo o que queremos não é mesmo?

    ResponderExcluir
  25. Hahaha ótimo!
    E que venha 2011! Feliz Ano Novo! =)

    BjO

    ResponderExcluir
  26. Tantos desejos belos e simples...belos e especiais! Nao vejo porquê de 2011 não cumprir! Tb escrevi algo pra 2011 e espero que ele tenha me entendido direitinho...pq sou exigente!rs
    Parabens Camila, um texto como sempre muito bem elaborado e cheio de sentimento!

    ResponderExcluir