Problema.

9.08.2010 -


tipo atípico de mulher em extinção
quando esperas o sim, contrarias com o não
chora horas ao telefone
saí da mesa sem razão
se deixa invadir pelos impulsos,
atos, delitos, atritos, ação
qualquer cenário que rode a cena
se tire o chapéu, ou aplauda
e mais tarde traga problema

13 Comentários:

  1. Oi Camila,
    Seu blog é... (sem palavras)
    Muito legal!!! (mesmo)
    Já votei no seu blog, para virar livro!!!
    Olha esse texto descreve o meu jeito...
    (mas eu sou Bipolar) Oo'
    Adorei o texto, o blog, tudo!!!
    Estou te seguindo!
    Beijinhos

    Passa lá no Viver Maraa!!!
    se gostar me segue também..*-*
    http://vivermaraa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. huum, que texto lindo (:
    Amr, vim te indicar oblog de um amg meu, ele desenha roupas! Tenho certeza que vc vai amar!! http://jorgelongatto.blogspot.com/ Se gostar segue, viu?
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Perfeito linda. Saudades de tc contigo. Um beijao.

    ResponderExcluir
  4. As vezes me vejo perto demais pra enxergar o tamanho de tudo isso aqui.
    Ando pra trás e ainda não consigo.
    Talvez deva viajar ao contrário, mudar de planeta pra ver longe o suficiente.

    O problema só existe por todas as suas rotas do tesouro. O sim pelo não. O glorioso pelo gratificante.

    Camila por Calmila.

    ResponderExcluir
  5. Antíteses, paradoxos... Do que se compõe essa essência tão forte?
    Teus textos sempre me parecem um fiel retrato da sua personalidade, que pra mim, cada vez mais se apresenta fortíssima.
    Belíssimo poema. :)

    ResponderExcluir
  6. "Tipo atípico de mulher em extinção", acho que faço parte do grupo.
    Acho que o que conta mesmo é ser intensa e acho que nós somos. Mesmo que a intensidade doa, seja lá em que sentido, é sempre bom sentir, saber que se continua vivo.

    =*

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que lindo o "Dilacera, mas passa", às vezes eu pensava que estava me descrevendo D: UHASUSHAUH "e quando vira felicidade, de tão aguda, se torna insuportável." É exatamente o que acontece comigo! UAHUSAH E obrigada por ter comentado minhas bobagens :D

    ResponderExcluir
  8. Como sempre os problemas não é mesmo?
    Mas o que seria de nós sem uma gotinha deles.
    Beijokas

    ResponderExcluir
  9. Somos todas nós assim né?
    Mas que delicia.

    Adorei flor
    beijooooo

    ResponderExcluir
  10. Acho que sou uma típica de mulher em descobrimento. Capaz de já ter descoberto, e não querer divulgar. Sempre criando mais perguntas ao invés de respostas. Típica mulher em expansão. Sabe que não sei se estou em extinção ou não?
    Belo, muy belo, 'flor'. hahaha
    nunca me canso de vir aqui.
    Dois beijos.

    ResponderExcluir
  11. Somos nós: sem moldes, autênticas, sem máscaras pra disfarçar o que se sente.

    *=)
    Um beijooooo!

    ResponderExcluir
  12. adorei esse, principalmente o final - essa coisa de cenas e aplausos, tudo isso me faz pensar loonge!
    beeijo

    ResponderExcluir