Mulher pra casar

5.26.2010 -




Ta aí. Entendi, eu acho. Depois de uma pilha de relacionamentos frustrados, e mais uma fila, de gente arrependida, eu não sou categorizada como mulher pra namorar. E não, não fico triste. Até abro um sorriso. Não sou mulher pra namorar. E o maior problema nisso tudo: sou mulher pra casar!
É isso mesmo. Todos querem me congelar. Pensam em me guardar num potinho; quem sabe pra daqui uns anos, ou algum dia, quando a tão falada estabilidade financeira chegar. Depois que dou as costas, acabam se tocando que como eu, mais nenhuma. Poucas, quem sabe. E vão penar até encontrar.
Existe uma diferença, mesmo que sutil, entre mulheres namoráveis e musas pra uma vida inteira. E as declarações póstumo-amorosas que escuto dos coitados que não aproveitaram a chance maravilhosa que era me ter ao lado, e não souberam aproveitar, reforçam ainda mais o coro. Ficam no pé por dias. Alguns, estão implorando à meses. Pode demorar, mas voltam. Sempre, sempre. Isso, se você for menina de véu e grinalda, que se sonha em deitar sob a grama e olhar as estrelas. Se não, desculpa, mas você fica na categoria de temporárias. Uma pena.
Mulher pra casar é aquela que sai com os pés firmes, e sabe o caminho de volta. Consegue adequar sua vida, com ou sem um cara. A sonhadora de tempo-curto, coloca outro, ou até mesmo, no plural, no lugar. E ainda assim, não é feliz, se embola ainda mais em encontros mornos, amores requentados e chances boas desaproveitadas. A futura casada chora tudo que tem pra chorar num dia, ou no máximo dois. Fala o que tem a dizer, e escuta de pé o que não precisaria ouvir. E ainda assim, mantém a sua integridade, e caminha sorrindo, sabendo que a vida pode lhe reservar surpresas mil, quem sabe na próxima porta. Ou janela. A apenas-namorável não diz o que pensa, muito menos o que sente. E continua a procurar o mal-feitor, aquele que já está em outra, e nem aí. Fingindo ser superior, e não notando, o quão ridícula pode soar, com todo o seu teatro. Realmente, uma comédia. Casável, e sua vida própria; namoradinha, e largo tudo pra te ver. Agorinha. Na mão, quando quer. Uma desvalorização que beira ser pior que a Bolsa de Valores.
Mulher pra casar mantém intactas as suas prioridades, e mais: seus gostos. Não é porque o rapaz curte um pagode, que ela larga o seu bom e velho rock de lado. Continua pintando as unhas de cores experimentais. Não afoga seu estilo moderno, porque ele é conservador. Faz mais do que isso: consegue a façanha de o fazer amar tudo isso. Ela encanta. E o deixa também encantado. Sabe se adequar às diferenças, e que além de tudo, dão cor aos (bons) relacionamentos. Ele não se sente preso. E sim, quer prender essa criatura encantadora a qualquer custo. Não pode, e nem quer, deixar pra mais ninguém. Pena que, se dêem conta disso somente depois de algumas pisadas na bola; e a guria já longe, alheia. Distante. A menina para namorar, não. Finge gostar do que detesta, e vai além com seu script: gosta de tudo o que o cara gosta. Tudinho. Pra estar grudada, enclausurada, unida nele. E não percebe, que se mantém cada vez mais longe, é do coração que queria atingir. Qualquer coisa está boa. E é assim que ele a vê: qualquer coisinha. Aperitivo.
Mulher pra casar, e seu jeito único. Garota de namoro, e a atitude que tantas tiveram. Seu tempo, ruindo com o vento. Ampulheta baixando, e tic-tac: hora de dar tchau, sábios Teletubies.
Quase-noiva e amor com sexo; namorada, e sexo sem amor. Tesão, apenas. Válvula de escape. Mulher pra casar, e nenhuma preocupação em agradar; menina da vez, e apenas porque era o momento DELE de dar um tempo das festas, e parar. E surpresa: você estava ali, sem nada melhor. Ele também, acredite. Casável, e sua marca registrada. Eterna. Namorável, e uma a mais na lista. Temporária. Aquela que se sonha em ver rodeada de filhos, e pilotando um fogão, e não tem nenhuma vontade disso. E sim desejo de viajar, construir carreira, e pular de para-quedas. Essa, pra one night stand, e vê-la nua. Quem sabe, por mais alguns dias. E ela que abandone os planos pra essa noite, pra quando o boy quiser. Um grande diferencial: uma tem metas, sonhos e delírios, além de um homem. A outra, deixa tudo de lado, por uma pessoa de carne e osso, como ela. Vida própria, não existe. E amor próprio, menos ainda. Amigas, adeus. Colégio, de mal a pior. E o que ela ganha, é apenas estabilidade (com tempo marcado) e segurança. Uns chifres na cabeça, que a sociedade é ainda muito machista e hipócrita. Tradução: tédio e enganação.
Os homens escolhem quem vão namorar, mas na maioria das vezes, não tem o mesmo poder sob quem os faz comprar uma aliança para dois. O coração, e a vontade de ter ao lado deles alguém livre, independente e equilibrada, somada ao amor por uma criatura singular e diferente, é o que dá liga. É o que embarca os sonhos. Fazer outra pessoa ter vontade, e não, ser pego pela barriga ou pelas circustâncias (leia-se: gravidez ou comida, tudo aqui vale). Depois da centésima decepção, e a volta de mais um ex-qualquer-coisa, é o que concluo. Acreditem: tenho mais de quatro no pé, ou melhor, nas mãos. E tão fugaz e excêntrica, não quero nenhum deles. O timer já tocou faz tempo, i'm sorry. É isso, entendi sim.

30 Comentários:

  1. aah meu Deus...você escreve muito, e o que eu quero e preciso ler no momento! =)
    lindo lindo lindo texto!

    ResponderExcluir
  2. EU NÃO TE DISSE QUE TU TENS O PODER? HAHAHAHA guria guria guria guria, te contar que esse texto é EXATAMENTE o que eu penso. bem o que eu queria por com minhas palavras, mas ficou PERFEITO nas tuas =) diiiiviiiinoooo!
    e eu, sou pra casar, me desculpe hahaha esse papo de namoro, que hoje em dia sabemos muito bem onde vai dar, não é pra mim.
    beijos poderosa, adorei! parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Começo a pensar que sou uma mulher pra casar.
    Meus amigos sempre disseram isso. Mas sempre me esquivei.
    Ma diante desse texto começo a pensar que talvez eles tenham razão.
    A questão é: Isso é bom ou ruim??

    Beeeeeeeiiijo.

    ResponderExcluir
  4. Concordo suuper contigo!
    É isso que acontece, depois que perdem dão o valor. E me identifiquei muito contigo, sou assim também, casável. hehe.
    O fato é que não vale a pena correr atrás, mudar pelas pessoas, ser influenciável deve ser péssimo. E definitivamente não tem anda a ver comigo. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Texto realista e muito verdadeiro. É assim que a banda toca. Chega a ser irritante ver casais de namorados que agem como se fossem um só. Meu Deus, cadê as vontades, os sonhos, as perspectivas?
    É isso aí mulheres, sejamos mulheres para casar!

    ResponderExcluir
  6. Excelente texto!
    E eu, sou pra casar. Tudo que eu precisava, era esse texto. Veio em excelente hora, guria!
    Não mudo por ninguém, não desisto dos meus sonhos e objetivos por causa de alguém.

    ResponderExcluir
  7. Traduz o que eu penso....e tão longe assim!!!
    Ufa, pelo menos me reconheço como a pra casar!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Uh lá lá. Sempre soube que era bem paparicada, e os que tiveram chance, apenas lamentar.
    A sua escrita. Não tem o que dizer, sempre muito bom.
    Beijocas bela.

    ResponderExcluir
  9. aiii fiquei confusa com este post. na verdade sou uma mulher pra casar, mas acho que não agora! :s

    ResponderExcluir
  10. Hahahaha Mih, nem eu sou para casar AGORA. O que eu quis dizer, e até comentei no começo do texto, é que os homens no geral, não querem essa mulher maravilhosa pra AGORA, eles querem a guardar num potinho (se possível, dentro do congelador) pra quando chegar a hora. E isso, muitas vezes, não dá certo. Hehe
    Um beijo, guria!

    ResponderExcluir
  11. Você escreve muuuito bem!
    E essa é a tradução mais fiel que eu já vi sobre 'homens x mulheres'. Parabéééns garota, você vai longe. :)

    ResponderExcluir
  12. Muito bom texto, moça! Faltou comentar sobre as palavras que, na boca das "temporárias", perdem o sentido: sempre, e nunca.
    Nenhum homem quer casar com uma mulher sem identidade própria. É por isso que nós, que amamos primeiramente a nós mesmas, temos vantagem. Eles gostam é de quem não vai atrás!
    Dá uma passadinha no meu blog, se puder ^^

    www.poiseah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. POSSO MANDAR POR E-MAIL? com devidos créditos é claro!

    "Mulher pra casar é aquela que sai com os pés firmes, e sabe o caminho de volta. Consegue adequar sua vida, com ou sem um cara. (...)A apenas-namorável não diz o que pensa, muito menos o que sente. E continua a procurar o mal-feitor, "
    Bem aí, me enquadrei dentro das 'para casar', ahahaha!
    ameeei
    beijos querida :*

    ResponderExcluir
  14. É, hoje em dia são poucas que valem a pena. Sempre digo, existem mais mulheres galinhas que homens cachorros. Quem faz o homem é a mulher, fato. Adorei o texto, arrasou, como sempre. Beijo guria

    ResponderExcluir
  15. "Continua pintando as unhas de cores experimentais. Não afoga seu estilo moderno, porque ele é conservador. Faz mais do que isso: consegue a façanha de o fazer amar tudo isso."

    Ri muito nessa parte por identificação. Acho que não sou mulher pra casar porque não quero casar, mas se eu quisesse, quem sabe, né? Acho que tu és mesmo uma mulher pra casar. Só escrevendo assim já faz gente querer comprar aliança. haha

    ResponderExcluir
  16. Eu amei! Sinceramente, guria, te admiro demais. Tu és muito inteligente e tem o dom de ter as palavras exatas para conseguir se expressar de uma forma maravilhosa, com certeza é alguém que tem um enorme futuro pela frente. Torço muito por ti!
    Bem, na verdade tinha vindo aqui para avisar que tem selinho pra ti no meu blog, mas acabei me empolgando e quase esqueci, haha.
    Beijão, se cuida! Boa semana :*

    ResponderExcluir
  17. Ahh me deliciei, esse comentario serviu pra fechar com chave de ouro minha quinta-feira.
    Nunca me vi tanto em um texto, Definitivamente vc exprimiu tudo que eu venho tentando dizer nesses ultimos meses.
    Parabéns Caa.
    Linda mulher, liiinda alma.
    ADOOORO

    ResponderExcluir
  18. Sou exatamente o tipo de mulher casável, mas as vezes por influências de amizade, ou até mesmo o que ando vendo por ai, por um breve tempo tentei mudar de ideia, e tentar ser quem eu nunca fui, e nem tenho o menor jeito pra ser, uma garota "namorável", corri atrás de alguém que não me merecia, até que por fim, percebi que essa não sou eu. E voltei a valorizar meus velhos e bons princípios. Olha, seu texto me ajudou a enxergar o que eu não queria ver. Muito, muito lindo mesmo! Linda alma mesmo, viu!
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Olá linda,
    Que texto mais perfeito,hein?
    Adorei teu blog,meeesmo!
    Muito charmoso e as postagens lindas de morrer!!!!!
    Parabéns!
    Estamos te seguindo!
    Visita o nosso tb...
    Bjim ;)

    ResponderExcluir
  20. Sou exatamente esse tipo de mulher!
    Pra casar!

    Vou postar seu texto em meu blog, mas indico a fonte! Visita-me!

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Parabéns Camila,
    nunca tinha comentado nada aqui. Mas já li vários textos, participo de umas 30 comunidades tuas.. e depois de ler ESSE texto precisei vir dar os parabéns. Minha amiga me mandou por depoimento porque achou que era A minha cara.. dai eu fui procurar a fonte e descobri que era seu e pensei "ah claro! é da camila. um texto assim, tão bem escrito, praticamente arrancando meus pensamentos, só podia ser dela"
    mas tem um problema em ser a pra mulher pra casar.. as pessoas enxergam isso de longe. e no meu ultimo rolo, que quase virou namoro, o menino só tava comigo por causa disso. porque eu era "a nora que a mãe dele pediu a Deus". mas ele gostava da ex ainda.. e voltou pra ela. e o mais engraçado de tudo isso é que eu SEI que ele vai voltar. como o meu ex-namorado (que tbm me deixou pela ex) ta aqui, fazendo de TUDO pra me ter de volta. e nem quero um ex-qualquer-coisa mais. "E você me olha com essa carinha banal de "me espera só mais um pouquinho". Querendo me congelar enquanto você confere pela centésima vez se não tem mesmo nenhuma mulher melhor do que eu. E sempre volta." ta não consigo me expressar em poucas palavras. o teu texto é grande, mas deveria virar comunidade do orkut. (aaai que vontade de colocar no quem sou eu) hahaha
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  22. Engraçado que uma pessoa que se diz independente e com planos de vida própria esteja preocupada em se classificar como mulher para casar ou para namorar. A meu ver, pessoa com amor próprio é aquela que se sente feliz com o que faz, independentemente de ser para os homens o que você chamou de mulher casável ou namorável. Gostei de muitos pontos que você falou sobre a falta de valorização de algumas mulheres. Mas não acho que uma mulher que se valorize tenha que sentir orgulho de ser uma "mulher pra casar". Afinal, uma pessoa pode ser tudo isso que você elogiou - independente, sonhadora, e que não mude o jeito de ser por um homem - e ainda assim não sonhar em ser a "menina de véu e grinalda".
    Boa leitura pra atenuar dor de cotovelo de quem levou um fora e não sabe porque. Achei o texto bacana e bem escrito, só que meio contraditório. Foi o primeiro que li do seu blog, vou ler os outros.

    ResponderExcluir
  23. Nem lembro como vim parar no seu blog, mas adorei seus textos.
    feed já :)
    Parabéns !

    ResponderExcluir
  24. me identifiquei. Parabéns, nem preciso dizer que escreve muito bem. (:

    ResponderExcluir
  25. Cara, seu texto foi clonado :/

    http://sonhosdentrodarealidade.blogspot.com/search?updated-max=2010-12-20T19%3A00%3A00-03%3A00&max-results=4

    ResponderExcluir
  26. este texto era tudo que eu precisava ouvir *-* descobri que sou mulher pra casar :] HAHA , nem preciso dizer que escreves maravilhosamente bem , continue assim camila *-*

    ResponderExcluir
  27. Bom dia Calmila, tudo bem? Espero que sim! Conheci seu blog através de uma amiga, e olha adorei, tudo que voce escreve de uma forma da um sentindo nos meus pensamentos,sempre estou acompanhango,gostaria de acompanhar mais, mas me falta tempo..Parabens.
    Heveline Cassilandia MS

    ResponderExcluir
  28. Olá Camila, eu sempre leio este texto, penso a mesma coisa - Sou mulher pra casar!!
    Linda vc escreve perfeitamente bem, adoro seus textos!!

    ResponderExcluir
  29. Camila!!
    Sempre estou passando pelo teu blog e lendo os teus textos, curto demais, demais! E hoje, mais ainda, a insônia me proporcionou horas a mais de leitura, então estava relendo este, que é somente um dos textos que mais gosto seu!
    Relendo e pensando, pensando... adoro coisas que me fazem refletir, bem por isso considero o Calmila parada obrigatória!
    E, comecei novamente a postar esses dias textos no meu blog, daí lendo esse, pensei vou pôr lá, sempre com os devidos créditos pois não suporto a ideia das pessoas "se adonarem" de pensamentos transcritos alheios como se fossem seus! E aí eu vi que não dá pra selecionar mais! :O me ensiiiina! primeiro fiquei triste, pois não poderia postar lá, mas depois pensei: que ótimo! assim evita-se bastante confusão! plágios e tal neeeh.... outra coiiiisa, tentei mandar por contato esse recado e não consegui, será q é só cmg?? daí decidi deixar por comentário mesmo... mas enfim...
    Te desejo muito sucesso! saiba q tem uma leitora assidua aqui e q indica pras amigas sempre! Por identificação e admiração! Que tua vida seja sempre iluminada!
    Aaaaaah! antes que eu esqueça!! adorooo tb qndo você responde as coisas que te mandam! me diviiiirto com os seus comentários no meio das histórias alheias!
    Bom, acho que era isso...

    Beijos e boa sorte em tudo na vida!

    ResponderExcluir
  30. Acho que é um dos textos que eu mais me identifiquei. Uma mulher pra casar realmente não deixa suas próprias opiniões e seus próprios desejos. Parabéns pelo blog, sempre leio.

    ResponderExcluir