Como deixar de ser um possível amor eterno e se tornar apenas, melhor amigo.

3.02.2010 -



1. Primeiramente, o sumiço do seu melhor amigo real e avoado. Que exclui o orkut, deixa o celular cair na água, e nunca está em casa. Isso faz você sentir uma carência enorme de compartilhar a sua vida com qualquer individúo da ala masculina, e suas opiniões tão diferentes, cheias de lógica, e conversas animadas. E é só o começo.

2. Esqueça a sedução, e que a menina com quem você conversa tem realmente outro amigão, tente parar de satisfazê-la a cada dia, mentindo que você gosta de algum reality show esdrúxulo que ela acompanhe, e nem comente a derrota do time dela. Esqueceu de lembrar, de cornetear. Simples.

3. Trate-a na maior parte do tempo como você trata um dos seus companheiros de pelada, ou jiu-jistsu e não esconda o seu lado ogro e machão, sendo mesmo grosseirão, machista e desrespeitoso. Não esquecendo de comentar o baita arroto que você acabou de dar, ou que a sua nova colega da facul é perfeita.

4. Não ligue nunca mais; mensagens, só em caso de vida ou morte. Caso conversem, esteja sempre ocupado e demore para responder. Mesmo que ela venha a parecer um vulcão em erupção, mantenha-se como um monge tibetanto workaholic.

5. Mantenham um contato virtual, telepático ou inexistencial. A relação de vocês nunca existiu, e lembre-se: você não tem pressa nenhuma (nem disponibilidade) de que algum dia, talvez, ela venha a acontecer e se fundamentar. Deixe tudo muito subentendido.

6. Dê parabéns nos aniversários dos familiares, sempre fazendo o uso das palavras "sogro", "sogra", "cunhado" e qualquer uma que soe a familiaridade, cumplicidade e compromisso. Só para bagunçar o cérebro da coitada, e salpícar que você poderia voltar a ser como um dia já foi, um falso gentleman.

7. Fale sobre como as fotos dela estão lindas, como o biquíni novo dela é bonito, mas nunca comente. Faça questão de demonstrar isso só a ela, e paciência. Meio como um jogo de esconde-esconde, onde o único que não dá as caras, é você. Que finge para os amigos em comum que vocês têm, que esse lance "não é nada demais". É um passo enorme para o outro lado, e além de tudo, vocês são só amigos mesmo..

8. Entre em detalhes sobre as partes do corpo que quebrou, as dores, e o banho que você tá morrendo de preguiça de tomar. Tudo bem biológico e real, para dar a ela a possibilidade de começar a sentir nojo.

9. Tenha o mesmo cuidado que tem com o seu cachorro, ou sua tartaruga, ou a sua irmã mais velha que no caso você agradece muito à Deus por não ter, e não a deixe voltar sozinha de lugar algum, comentando o quanto o mundo de hoje é maldoso e o perigo depois das dez da noite é grande. Finja preocupação, e intercale as palavras "burra" e "idiota" com alguns palavrões, para não parecer que você está preocupado com ela, e sim querendo fazer o papel do irmão mais velho que por acaso, ela também não tem. Mas namorado, nunca. Amizade-colorida-indefinida, no máximo dos máximos.

10. Continue insistindo que a sua falta de tempo também te sufoca, e no clichê de que vocês tem horários adversos. Que a sua agenda está toda ocupada e só na semana que vem vocês poderão, quem sabe, talvez, por duas horinhas, se ver. Com muita pressa, pois você é um multi-homem. Lógico.

11. Fale sobre amenidades e calamidades, assuntos que você cata em sites de notícias instantâneas, e nunca sobre como você ama ver o mar, e ela, a lua. Fingir que não sabe a data de aniversário dela, quando está até gravada no seu celular e presente no seu mural também é válido. E depois do fora proposital, diga que vai dar um presentão. Mas só diga. Como sempre, fique só na promessa.

12. Depois disso tudo, não a deixe em paz nunca. Converse todos os dias, tomando a iniciativa de ir falar, mas aja sempre com essa vulnerabilidade que a faz não entender nenhum dos seus passos e pensamentos. E ainda assim, não se envolva, e a trate como sua amiguinha. Cozinhe bem, e mexa de vez em quando. Mude seus horários sem avisar. E então, você terá uma amizade batendo à sua porta, quando no caso sua agenda está totalmente livre dentro de suas séries de musculação e a faculdade nova, e o que você mais queria era ser o único, o herói na vida da sua nova melhor amiga que à essa altura, já deveria ter morrido sufocada de tédio. Que pena!

13 Comentários:

  1. Gostei do texto e adorei a imagem, muito interessante e divertida... valeu!!

    ResponderExcluir
  2. Muito boas as suas dicas...achei até divertido...^^
    bjim vo te seguir

    ResponderExcluir
  3. eu ameiiiiiiii
    SUCESSO FLOR.
    bjaOOO

    ResponderExcluir
  4. Minhas orquídeas em dias cinzas! Hahaha escrevi essa receitinha básica um pouco com pressa, e com uma pitada de raiva e ironia. E fico adorada que vocês tenham curtido! Achei que ninguém ia se encontrar nesse meu exemplo aparentemente excêntrico, mas que ótimo que surtiu bons efeitos! beijoca, flores

    ResponderExcluir
  5. adoreei esse texto! e olha que, se os passos forem realmente seguidos, a receita dá certo!
    beijão

    ResponderExcluir
  6. Dá certo, dá dó e dá raiva né, Cla? Hahahaha Surte resultados rápidos e rasteiros. Meninos que acompanham, ótima saída! beijo beijo

    ResponderExcluir
  7. Esse texto parece alguém que eu conheço...

    ResponderExcluir
  8. nossa conheci seu blog a 2 dias
    numca imaginei, ler isso + fiz tudo q escreveu neste post ^^ to ate assutado^^

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Realmente, essa lista faz sentido. E o pior é a quantidade de garotos que fazem isso... ¬¬

    Muito legal teu blog. *=)

    ResponderExcluir
  10. Meu melhor amigo aje extamente assim ;;; Sinistroo. kk' Só mesmo a Camila, Ta perfeito viu ? beijos & parabéns.

    ResponderExcluir
  11. Essa atitude "punk" aí tá super na moda! ahhahahah

    ResponderExcluir
  12. Tu só pode tá de "brincs"...
    Se alguém entendeu exatamente esse texto fui EU! Adorei como você tratou a questão, me fez rir de muitas situações que eu achei que não riria nem tão cedo ;D i loved it... e ao invés de excêntrico tu não queria dizer egocêntrico não!!?? Oo

    ResponderExcluir