Separação

1.06.2010 -
um silêncio gritante
em dias iguais
abismos gigantes
superficiais
não há mais nada
a ser dito
nem feito
só olhar no chão
pedaços, parte, migalhas
de um amor desfeito

1 Comentários: